Ainda interino, Tiago Neves diz que Atlético-PR está no caminho certo para vencer fora

Para Nunes, o time jogou bem mesmo perdendo para o Palmeiras (2 a 0) e Atlético-MG (3 a 1) nas últimas rodadas

por Agência Futebol Interior

Chapecó, SC, 12 (AFI) - Desde quarta-feira a delegação do Atlético-PR está na cidade de Chapecó, onde viajou num voo fretado e que durou cerca de uma hora. Uma tranquilidade a mais para o técnico, ainda interino, Tiago Nunes, que não parece preocupado com a falta de vitórias fora de casa.

Nas últimas duas rodadas, o time perdeu para o Palmeiras (2 a 0) e Atlético-MG (3 a 1), mas ele acha que está no caminho certo. Pode quebrar o jejum nesta quinta-feira, ás 20 horas, diante da Chapecoense, em jogo adiado da 20.ª rodada. O jogo será disputado na Arena Condá.

“O caminho é esse. Continuar jogando bem nos credencia a poder vencer fora de casa. Estamos analisando de maneira fria, estatisticamente, os motivos de não conseguirmos essas vitórias fora de casa. Passando isso aos atletas, construiremos nos treinamentos essa primeira vitória. Esperamos que ela possa vir já em Chapecó”, afirmou o treinador interino do Rubro-Negro.

DIFICULDADES ESPERADAS
Apesar da importância do duelo, Tiago Nunes ressaltou as dificuldades que o Furacão enfrentará jogando em Chapecó (SC).
“A cidade está mobilizada e a equipe deles também. Uma vitória oferta a eles a possibilidade real de sair da zona de rebaixamento. Nós já passamos por isso e sabemos o quanto o fator local é importante nesses momentos. Historicamente, é difícil jogar em Chapecó (SC). Será uma partida muito competitiva e temos que ter o controle emocional para fazer um jogo equilibrado”, concluiu.
Delegação chegou quarta-feira em Chapecó
Delegação chegou quarta-feira em Chapecó

CHANCE DE PONTUAR
Neste meio de semana, apenas Atlético Paranaense e Chapecoense jogam pelo Brasileirão. O jogo foi adiado porque , na ocasião, o mau tempo atrapalhou o voo da delegação.

Caso vença em Chapecó (SP), o Furacão chega aos 30 pontos e pode subir até quatro posições.
“É uma oportunidade que temos de pontuar em um momento em que as outras equipes não jogam. Esses pontos são importantes e podem nos colocar em outro patamar dentro da competição.
Com uma vitória, nos afastamos mais da zona de rebaixamento e nos consolidamos em uma posição intermediária neste momento”, avaliou o treinador.
AS BAIXAS
Tiago Nunes não poderá contar com Jonathan, Lucho González e Nikão, suspensos. Por outro lado, terá os retornos do lateral-esquerdo Renan Lodi e do volante Wellington, que desfalcaram a equipe em Belo Horizonte (MG).
“É um processo natural, até em função do número de jogos. Sabemos que essa troca constante, em função de desgaste, cartões e lesões, iria acontecer. Temos que dar confiança para quem está treinando no grupo. Os atletas estão preparados, porque treinam juntos e damos a mesma carga de trabalho a todos”, disse Tiago Nunes.
 
 
" />