​Segundona: "Rei do acesso" na divisão acerta com o América

Pinho chegou a um acordo com a diretoria e comandará o clube em 2019

por Oscar Silva

São José do Rio Preto, SP, 7 (AFI) - Depois de várias reuniões entre a diretoria do América e o técnico Olímpio Batista Ferreira Júnior, mais conhecido como Pinho, finalmente as duas partes chegaram a um acordo e o rei do acesso na divisão vai comandar o Rubro na Segundona Paulista na próxima temporada, em busca de mais um acesso na carreira.

A apresentação acontece na próxima segunda-feira, às 15 horas, no estádio Benedito Teixeira, o Teixeirão. Junto com o novo treinador americano vai vir o restante da comissão técnica que será paga por um empresário cujo nome não foi revelado. Aos 73 anos, Pinho vem de um acesso nesta temporada quando na oportunidade foi vice-campeão da Segundona Paulista dirigindo o Comercial de Ribeirão Preto.

Pinho chegou a um acordo com a diretoria e comandará o clube em 2019
Pinho chegou a um acordo com a diretoria e comandará o clube em 2019

TEM JEITO
"O América tem jeito e precisa mudar. É um clube de tradição no cenário paulista e por várias décadas sempre disputou a elite do futebol paulista. O time tem camisa e não merece ficar onde está. Precisa resgatar novamente a sua imagem e dar alegria para a sua torcida que ultimamente vem sofrendo muito", disse.

"Para isso acontecer é preciso fazer planejamento e se organizar, caso contrário não vai para lugar nenhum. Recusei quatro convites para trabalhar e acertei com América que me parece estar mudando, Estou vindo porque vão dar condição para a gente trabalhar. O futebol se faz com seriedade e profissionalismo", disse o novo comandante americano.

CARREIRA VITORIOSA
Depois de abandonar a carreira como jogador, onde atuou como centroavante na Internacional de Bebedouro, Andradina, Miirassol, Taquaritinga, São Bento, Olária-RJ, Novorizontino e Juventus, Pinho abraçou a carreira de treinador na década de 1970, na qual dirigiu dezenas de clubes pelo país afora como no cenário paulista, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, Goiás, Maranhão e Pará. São vários acessos e títulos na carreira. Em 1977, fez uma campanha no Sampaio Corrêa-MA, tornando-se campeão estadual e campeão da Série C do Brasileiro, de forma invicta.

CLUBES QUE TRABALHOU
Tudo começou no Novorizontino, dirigiu ainda o Rio Preto em três oportunidades, o mesmo aconteceu com o Barretos. Dirigiu o Olímpia duas vezes e ficou a frente da Internacional de Bebedouro e Comercial-SP. Pinho tem passagens pelo Esportivo de Passos-RS, União Barbarense, Tuna Luso-MA, Grêmio Maringá-PR, extinto Jalesense e Cotia, Monte Azul, Anapolina-GO, Osvaldo Cruz, Botafogo-SP, CRB-ÁL, Santo André, entre outros.

 
 
" />