Jogador tira foto de colega peladão, é demitido e ainda sofre processo na Justiça

Jogador assediado entrou em contato com a polícia e abriu um processo contra Martin

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 28 (AFI) - Uma brincadeira acabou muito mal para Gary Martin. O atacante inglês tirou uma foto de um colega nu no vestiário e enviou para o grupo de mensagens do próprio elenco, mas acabou demitido pelo ÍBV, da Islândia, e ainda foi processado por sua vítima, que não teve o nome revelado.

"Na semana passada, tirei uma foto dentro do vestiário, após uma vitória, de um jogador que tinha acabado de sair do banho e enviei um comentário que deveria ser engraçado. Embora muitas pessoas tenham achado a mensagem engraçada, o jogador da foto não pensou assim", disse Gary, que também atuava como técnico da base do ÍBV.

Brincadeira de mau gosto. (Foto: Reprodução)
Brincadeira de mau gosto. (Foto: Reprodução)
O jogador assediado entrou em contato com a polícia e abriu um processo contra Martin. Quando o caso foi revelado, a diretoria ÍBV rescindiu o contrato com o atacante. Em situação delicada, Martín prometeu entrar na Justiça contra o clube para tentar receber pela demissão e ainda buscou contato com sua vítima.

"Ele não quer me encontrar. Enviei-lhe uma mensagem em que humildemente me desculpo por tê-lo magoado, mas ele não responde. Fui à casa dele, mas ele não queria falar comigo. (...) Respeito a opinião do jogador e não tentei magoá-lo de forma alguma", disse o algoz.