Fiorentina anuncia dez casos do novo coronavírus; três deles são jogadores

Patrick Cutrone, Germán Pezzella e Dusan Vlahovic testaram positivo para o Covid-19 e estão em isolamento

por Agência Estado

Campinas, SP, 19 - O presidente da Fiorentina, o ítalo-americano Rocco Commisso, informou nesta quinta-feira que o clube italiano registra dez casos de infecção pelo novo coronavírus, denominado Covid-19, incluindo os jogadores Patrick Cutrone, Germán Pezzella e Dusan Vlahovic. Todos estão em suas casas em Florença e são assintomáticos.

A diretoria da Fiorentina informou que a família do argentino Pezzella, ex-jogador do River Plate e do Betis, voltou para a Argentina antes da situação na Itália se tornasse grave. Os familiares do jogador estão sob cuidados diários das autoridades de saúde e, por enquanto, nenhum apresentou os sintomas da doença.
Dusan Vlahovic é um dos jogadores infectados com o coronavírus (Foto: Divulgação/Fiorentina)
Dusan Vlahovic é um dos jogadores infectados com o coronavírus (Foto: Divulgação/Fiorentina)

Commisso, proprietário de um canal de televisão pago norte-americano e do New York Cosmos (time de futebol), comprou a Fiorentina no meio do ano passado e promoveu recentemente um levantamento de fundos para auxiliar a Itália no combate ao coronavírus.

"Todos que podem têm o dever de ajudar neste momento aqueles que trabalham em hospitais. Estamos aceitando doações para a nossa angariação de fundos", afirmou o presidente da Fiorentina.