AMISTOSOS: Na estreia de Griezmann, Barcelona perde para o Chelsea no Japão

Tammy Abraham e Barkley marcaram para os ingleses, enquanto que Rakitic diminuiu com um belo gol

por Agência Estado

São Paulo, SP, 23 - Principal contratação do Barcelona para a temporada - o clube pagou 120 milhões de euros (R$ 505 milhões) ao Atlético de Madrid -, o atacante francês Antoine Griezmann fez a sua estreia nesta terça-feira e não teve sorte.

Em amistoso de pré-temporada no Japão, na cidade de Saitama, o clube catalão foi derrotado pelo Chelsea por 2 a 1. Tammy Abraham e Barkley marcaram para os ingleses, enquanto que Rakitic diminuiu com um belo gol.

Esta foi a primeira partida do Barcelona em sua pré-temporada. Ainda sem o argentino Lionel Messi, o uruguaio Luis Suárez e o brasileiro Philippe Coutinho - ainda de férias por causa da participação na Copa América -, o clube promoveu outras duas estreias.

Foram as do goleiro brasileiro Neto, contratado junto ao Valencia, e do volante Frenkie De Jong, destaque do Ajax na última temporada.

PRÉ-TEMPORADA
Em quatro amistosos feitos neste período preparatório, o ídolo Frank Lampard - contratado para o lugar do italiano Maurizio Sarri - tem um bom desempenho em seu início de trabalho como treinador do Chelsea: soma duas vitórias, um empate e uma derrota.

O atacante francês Antoine Griezmann fez a sua estreia no Barcelona
O atacante francês Antoine Griezmann fez a sua estreia no Barcelona
O próximo compromisso do time inglês está marcado para este domingo, quando enfrenta o Reading, já de volta à Inglaterra.

O Barcelona ainda seguirá no Japão para mais um amistoso de pré-temporada. Neste sábado, o clube espanhol enfrentará o Vissel Kobe, time da casa que tem o meia Andrés Iniesta, um dos maiores ídolos dos catalães, como principal atração.

COMO FOI
Com mais ritmo de jogo, o Chelsea criou as melhores chances do primeiro tempo e foi premiado após uma saída errada do adversário. Aos 34 minutos, Busquets perdeu a bola na entrada da área para o brasileiro naturalizado italiano Jorginho. Ela sobrou para Abraham, que com categoria tirou o goleiro alemão Ter Stegen para balançar a rede.

No segundo tempo, os técnicos modificaram bastante as suas equipes. O Barcelona voltou melhor e tramou boas jogadas, principalmente com os brasileiros Rafinha e Malcom, que podem deixar a equipe nesta janela de transferências. Kepa, no entanto, praticou boas defesas e evitou o empate em algumas oportunidades.

Com o passar do tempo, o Chelsea equilibrou a partida, passou a sofrer menos e fez o segundo gol com Barkey, que recebeu de Marcos Alonso e bateu forte e rasteiro de fora da área, sem chances para Neto, aos 35 minutos.

Nos acréscimos, ainda deu tempo para Rakitic marcar um belo gol em um chute de fora da área. O croata recebeu de Malcom e acertou o ângulo direito alto de Kepa.