Athletico ganha uma Copa e já pode levar outra !

Furacão segue sendo exemplo de administração e de clube vitorioso no futebol brasileiro.

Em menos de quatro anos foram sete títulos, o que reforçou a imagem do Furacão como um time 'copeiro'

Categorias: Colunas

Por: SÉRGIO CARVALHO - -, 22/11/2021

Athletico venceu Red Bull Bragantino

São Paulo, SP, 21 (AFI) – Muita gente não acreditava mas a partir do momento em que Mário Celso Petraglia assumiu prá valer o comando do Athletico Paranaense, o simpático clube de Curitiba começou a crescer e a se nivelar aos outros grandes do futebol brasileiro. Primeiro foi a Copa Sul-Americana de 2018.. Depois a sua primeira Copa do Brasil em 2019.

Em seguida o título de campeão da J League organizada pela Conmebol e, no último sábado, o segundo título sul-americano. Isso sem nos esquecermos de três títulos regionais de campeão paranaense de futebol nos últimos anos. Ou seja.

SETE TÍTULOS
Em menos de quatro anos, foram sete títulos seguidos, o que super reforçou a imagem do Furacão, como um “clube copeiro”, porque toda vez que disputa uma Copa, é sempre um dos grandes favoritos. E tem mais. A temporada ainda não acabou para o Furacão. Ainda faltam dois jogos decisivos pelas finais da Copa do Brasil (12 e 15 de dezembro) contra o Atlético Mineiro.

Se vencê-los, será o arremate sonhado pela torcida atleticana, num ano que só não é melhor porque no Brasileirão seu time vai mal (ameaçado pelo rebaixamento). Ainda assim fica mais do que evidente que, hoje em dia, o Athletico é sim um dos grandes clubes do País e das Américas. Sem nenhum exagero de nossa parte.
TODOS RECURSOS

No partida disputada em Montevidéu, no último sábado, o Furacão teve que usar todos os seus recursos para derrotar o aplicado Red Bull Bragantino.  Foi difícil mas o Athletico soube como vencer e levantar a tão cobiçada taça. Na verdade, o Furacão foi mesmo superior ao time de Bragança e mereceu vencer por 1 a 0.


Gol aconteceu aos 26 minutos do segundo tempo marcado pelo aplicado Nikão, um dos ídolos da torcida. A festa foi enorme. Diretores, comissão técnica e jogadores se uniram para comemorar juntos com a pequena mas ruidosa torcida do Athletico que se fez presente no histórico estádio da capital uruguaia.

NIKÃO E SANTOS

Maiores destaques foram Nikão, que fez o gol da vitória, mas também o excelente goleiro Santos. Exaltamos ainda o trabalho do técnico Valentim Gentil, que disse ser “essa a maior vitória de sua vida”.


Não nos esqueçamos também do super presidente Mario Celso Petraglia, que mais uma vez confirmou competência no comando de seu clube de coração. Em Curitiba, quando a delegação desceu no aeroporto, houve festa que foi terminar no moderno estádio athleticano, o “Joaquim Américo Guimarães”.
Próximo jogo naquele local será só na próxima sexta-feira contra o Cuiabá, às 19 horas. Antes, na quarta, o Furacão encara o São Paulo dentro do Morumbi.

E neste arremate de texto, faço questão de cumprimentar todos aqueles que são ligados ao Athletico pelo incrível momento que o clube está vivendo. Não podia ser melhor, concordam??.

Confira também: