Segundona: Depois de subir com o Rio Preto, Édipo tenta acesso com Desportivo Brasil

Atacante anotou dois gols na primeira partida das semifinais, quando o DB venceu o XV de Jaú por 2 a 1

por Federação Paulista (FPF) - São Paulo

Porto Feliz, SP, 20 - Pela primeira partida da semifinal do Campeonato Paulista da Segunda Divisão o Desportivo Brasil venceu o XV de Jaú por 2 a 1, na casa do adversário, e deu um passo importante rumo à Série A3 de 2017. Os dois gols do time de Porto Feliz foram anotados pelo atacante Édipo, que busca seu segundo acesso na atual temporada.

Édipo defendeu as cores do Rio Preto no primeiro semestre na disputa da Série A3. O atacante foi decisivo e anotou três gols pelo clube de São José do Rio Preto na fase final e ajudou a carimbar o acesso para a Série A2 do próximo ano.

Após sucesso na equipe alviverde, o atleta de 22 anos se transferiu para o Desportivo Brasil e tem sido peça fundamental para o clube buscar o acesso inédito. Com a vantagem de jogar por dois resultados iguais, a equipe de Porto Feliz poderá perder o segundo jogo por um gol que ainda assim conquistará o acesso, já que saiu vencedor por 2 a 1 na primeira semifinal.

“Sabíamos das dificuldades que seria o jogo em Jaú e por isso trabalhamos duro a semana toda para amenizar ao máximo o que o adversário tinha de melhor e fomos eficazes. Fui feliz com os dois gols e pude ajudar a sairmos com a vitória”, comentou Édipo.

O jogador ainda falou do sentimento em enfrentar o estádio rival lotado e mesmo assim sair vencedor.

Autor de dois gols na semifinal, Édipo busca segundo acesso na temporada
Autor de dois gols na semifinal, Édipo busca segundo acesso na temporada
“Jogar com o estádio cheio é muito melhor e com certeza motiva ainda mais. Eu até acho melhor jogar com torcida contra, eles te provocam, tentam irritar, mas não tem jeito”, revelou.

Autor dos dois gols na semifinal, Édipo falou da sensação em sair como o ‘herói do jogo’.

“Fico muito feliz em poder ajudar a equipe. Sabemos que demos um passo importante, mas ainda falta um jogo e será uma guerra, no bom sentido. É o último jogo do campeonato e agora não adianta nadar, nadar e morrer no fim. Vamos fazer o máximo para sairmos vencedores”, explicou.

No primeiro semestre, o atacante conquistou o acesso pelo São José do Rio Preto, mas não ficou com o título, conquistado pelo Sertãozinho. Édipo falou da possibilidade de carimbar o segundo acesso em 2016.

“É muito importante. Todo atleta vive de títulos e acessos, conquistar os dois seria uma coisa maravilhosa. É gratificante, mas o acesso fica para o clube, o que marca o jogador é o título, então vamos em busca disso”, enfatizou.

Édipo projetou a decisão diante do XV de Jaú para o próximo final de semana.

“Creio que eles virão para o tudo ou nada. Jogávamos pelo empate e agora eles terão que vencer por dois gols. Será o jogo da vida deles como será o das nossas”, projetou.

Por fim, o agora artilheiro do Desportivo Brasil com oito gols anotados, não se mostrou pretensioso e colocou o objetivo coletivo como principal meta para o semestre.

“O mais importante é o acesso. Claro que se vier com um gol meu será mais especial, mas se sair com o nosso goleiro também ficarei feliz”, concluiu.

Desportivo Brasil e XV de Jaú se enfrentam neste sábado (28), às 15h, em Porto Feliz, pela segunda partida semifinal do Campeonato Paulista da Segunda Divisão.

Luiz Minici, especial para o site da FPF