Com Mina e Jesus, Palmeiras quer abrir vantagem diante do Cruzeiro

Os dois selecionáveis chegam com moral, após marcarem gols por suas seleções

por Agência Estado

São Paulo, SP, 13 - Líder do Campeonato Brasileiro com 60 pontos, o Palmeiras enfrenta o Cruzeiro nesta quinta-feira, às 19h30, na Fonte Luminosa, em Araraquara, pela 30ª rodada, com o foco total na manutenção da liderança e, se possível, disparar na ponta da tabela. Esforços não faltam para atingir o objetivo.

O presidente Paulo Nobre emprestou seu jatinho particular para buscar o zagueiro Mina em Barranquilla, onde ele defendeu a seleção colombiana na partida contra o Uruguai, na última terça-feira. E também trataram de levar o atacante Gabriel Jesus direto de São Paulo para Araraquara, assim que ele voltou ao Brasil, após se destacar na vitória da seleção sobre a Venezuela, também na terça.

Os dois selecionáveis chegam com moral, após marcarem gols por suas seleções, e a tática especial para Cuca contar com a dupla reforça a intenção em manter o time focado na briga pelo título nacional.

Nesta terça-feira, a equipe fez um treino no palco da partida e o treinador abriu a atividade para que torcedores pudessem ver os jogadores de perto. Hoje, o estádio estará lotado, já que todos os ingressos já foram vendidos.

Sobre o time, Cuca vai esperar até minutos antes do jogo para ver se Mina e Jesus estarão descansados para serem titulares ou iniciar na reserva. Mas a tendência é de que ao menos o colombiano comece jogando.

"O time está bem entrosado, até quem está fora. Não é à toa que temos um grupo qualificado e grande para suprir as ausências que temos. Se chegarem a tempo, a preocupação maior é a do cansaço, não de estar preparado para jogar, entrosamento. Se estiverem aqui, o Cuca conversará com eles. Caso não possa, tem quem por no lugar para atuar bem", afirmou o atacante Rafael Marques, que deve começar a partida em Araraquara entre os reservas.