NBA: Westbrook faz mais um 'triple-double' pelo Thunder; arbitragem prejudica Raptors

Foram 31 pontos, 15 assistências e 11 rebotes para o armador, um dos dois únicos jogadores do Thunder que anotaram mais de 10 pontos

por Agência Estado

Campinas, SP, 21 - Russell Westbrook alcançou seu quinto "triple-double" da temporada, mas não conseguiu evitar mais uma derrota do Oklahoma City Thunder na NBA, desta vez para o Indiana Pacers, por 115 a 111, após uma prorrogação. À frente do placar durante toda a partida, em casa, o Pacers só cedeu o empate no finalzinho, com uma cesta de três pontos exatamente de Westbrook. No tempo extra, porém, nem o astro salvou.

Foram 31 pontos, 15 assistências e 11 rebotes para o armador, um dos dois únicos jogadores do Thunder que anotaram mais de 10 pontos. Pelo Pacers, em comparação, todos os titulares alcançaram dois dígitos, assim como o reserva Aaron Brooks. Mesmo assim, sobrou espaço para Jeff Teague anotar 30 pontos.

Sofrendo em sua primeira temporada sem Kevin Durant, o Thunder é só o sexto colocado da Conferência Oeste, com oito vitórias e seis derrotas. O Indiana tem campanha com sete vitórias e sete derrotas e está exatamente em sétimo no Leste.

 Russell Westbrook jogou demais, mas não evitou a derrota do Thunder
Russell Westbrook jogou demais, mas não evitou a derrota do Thunder
Ainda entre os últimos no Oeste, o Sacramento Kings contou com uma ajuda descarada da arbitragem para vencer o Toronto Raptors por 102 a 99, em casa. No último lance do jogo, Terrence Ross fez uma cesta de três pontos que levaria o confronto para a prorrogação, mas ela foi erroneamente invalidada pelos árbitros.

Quando a bola saiu da mão de Ross, faltava 0s5 para o estouro do cronômetro. Os árbitros, entretanto, alegaram que o cronômetro foi disparado com atraso, uma vez que, após saída de lateral, a bola resvalou na marcação de DeMarcus Cousins. Mesmo assim, claramente esse atraso não chega a ser de meio segundo, da mesma forma que, quando Ross arremessou, o cronômetro o dava essa segurança.

SEM SORTE
Azar para o time de Lucas Bebê, que ficou 10 minutos em quadra, não marcou pontos nem pegou rebotes, mas conseguiu dois tocos e um roubo de bola. Kyle Lowry fez 25 pontos, contra 23 de Jonas Valanciunas. Pelo Kings, foram 23 de Rudy Gay.

Em um clássico de três momentos muito diferentes, o Chicago Bulls passou pelo Los Angeles Lakers por 118 a 110, na casa do rival. Só deu Bulls no primeiro quarto, com o Lakers liderando o segundo e boa parte do terceiro. Os visitantes se recuperaram a partir de então e partiram para uma vitória que acabou sendo tranquila.

Jimmy Butler estava em noite inspirada e marcou 40 pontos. Do banco do Bulls, quase só Isaiah Canaan foi utilizado. Cristiano Felício, por exemplo, jogou só dois minutos. Melhor que Marcelinho Huertas, que mais uma vez não entrou pelo Lakers.

Raulzinho também só ficou dois minutos em quadra pelo Utah Jazz na derrota por 105 a 91, mas aproveitou muito bem o tempo, marcando seis pontos.

Confira os resultados da NBA neste domingo:

New York Knicks 104 x 94 Atlanta Hawks
Brooklyn Nets 109 x 129 Portland Trail Blazers
Oklahoma City Thunder 111 x 115 Indiana Pacers
Sacramento Kings 102 x 99 Toronto Raptors
Denver Nuggets 105 x 91 Utah Jazz
Los Angeles Lakers 110 x 118 Chicago Bulls

Acompanhe os jogos da NBA nesta segunda:

Philadelphia 76ers x Miami Heat
Washington Wizards x Phoenix Suns
Charlotte Hornets x Memphis Grizzlies
Indiana Pacers x Golden State Warriors
Detroit Pistons x Houston Rockets
Milwaukee Bucks x Orlando Magic