Após polêmica em clássico, Fluminense quer a reabilitação contra o São Paulo

Com 46 pontos, o time tricolor carioca precisa vencer para terminar a rodada entre os seis melhores

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 17 - Após passar o fim de semana mais preocupado em protestar contra a polêmica arbitragem no clássico contra o Flamengo, o Fluminense tenta retomar o foco no Campeonato Brasileiro para assegurar uma vaga na Copa Libertadores. Com apenas mais oito jogos em disputa, o time começa a série nesta segunda-feira contra o São Paulo, às 20 horas, no estádio Giulite Coutinho, em Mesquita (RJ), pela 31.ª rodada.

Com 46 pontos, o time tricolor carioca precisa vencer para terminar a rodada entre os seis melhores. O momento do adversário é mais um ânimo para os cariocas, já que o clube paulista está com 36 pontos e cada vez mais próximo da zona do rebaixamento.

Desde a última quinta-feira, quando perdeu para o Flamengo por 2 a 1, o Fluminense concentrou os olhares contra o árbitro Sandro Meira Ricci, que provocou uma grande confusão no clássico ao anular, validar e, por fim, após longos 13 minutos, confirmar o impedimento de Henrique, que garantiria o empate para o time do técnico Levir Culpi.

As entrevistas dos jogadores também seguiram a mesma linha, com poucos comentários sobre o São Paulo, adversário desta segunda-feira. Com duas derrotas consecutivas, Santos e Flamengo, o time das Laranjeiras precisa recuperar a boa fase.

Embora o Maracanã volte a receber jogos a partir do próximo dia 23, o jogo contra o São Paulo não será o último em Mesquita. No dia 28, contra o Vitória, a partida está marcada para o mesmo estádio que tem sido aprovado pelos jogadores. "Não queríamos ir para Volta Redonda (local do jogo com o Flamengo), mas já passou e termos outro jogo complicado. Espero que o nosso torcedor compareça mais uma vez em grande número", disse o zagueiro Henrique.

Sem desfalques, Levir Culpi pode promover o retorno de Douglas no lugar de Richarlison. Apesar de ter tomado uma pancada na canela, o volante Pierre treinou normalmente e será titular.