Série D: Com horário atípico, CBF define datas da final entre CSA e Volta Redonda

A partida de volta da final será em um sábado, às 11h da manhã, no estádio Raulino de Oliveira

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 19 (AFI) - A partida final do Campeonato Brasileiro da Série D vai ser disputada num dia e, principalmente, num horário atípico. Volta Redonda e CSA vão decidir o título da temporada no sábado, dia 1.º de outubro, no estádio Raulino de Oliveira, na Cidade do Aço.

A definição foi confirmada pelo departamento de competições da CBF, na tarde desta segunda-feira, e a opção foi feita pela direção do Esporte Interativo, a emissora que detém os direitos de transmissão ao vivo.

O calendário ficou apertado devido às eleições municipais em todo o país marcadas para o dia 2. A maioria dos jogos está concentrada no sábado, tanto das Séries A como B e também da Série C em suas quartas de finais e que vai ter jogo ao vivo no próprio canal no horário noturno.

Se os times vão ganhar público na televisão, com certeza vão perder dentro do estádio. Isso não vai acontecer no primeiro confronto, que está marcado para o próximo domingo, dia 25, no estádio Rei Pelé, em Maceió (AL), a partir das 19 horas. Ainda invicto e com melhor campanha, o time fluminense tem a vantagem de disputar o segundo jogo em casa. O gol fora é utilizado no critério de desempate.

NA SÉRIE C
Além dos finalistas, São Bento de Sorocaba (SP) e Moto Club, de São Luis (MA), ambos semifinalistas, também garantiram o acesso para a Série C em 2017. No último sábado, o Volta Redonda venceu em casa o Moto Club por 3 a 1 e, após empate na ida por 1 a 1, e confirmou seu lugar na final. O CSA foi até Sorocaba para enfrentar o São Bento, no estádio Walter Ribeiro, no último domingo e foi derrotado por 1 a 0, mas como havia vencido por 2 a 0 na ida, o time alagoano se classificou.

Em 14 partidas nesta Série D, o Volta Redonda venceu nove e empatou cinco. O time do Rio de Janeiro é o único invicto da competição. Ao todo, foram 25 gols marcados pelo Volta Redonda e oito sofridos. Enquanto isso, o CSA venceu nove dos seus 14 jogos, empatou dois e perdeu três, fez 22 gols e sofreu apenas oito.