Copa Paulista: Vitor quer levar Bragantino ainda mais longe no torneio

Com apenas 21 anos e cinco gols marcados na competição, o meia vem sendo um dos destaques do time de Bragança Paulista

por Federação Paulista (FPF) - São Paulo

Bragança Paulista, SP, 19 (AFI) - O Bragantino vem chegando cada vez mais longe na Copa Paulista e já alcançou a fase quartas de final. Dos que times que também disputam torneios nacionais, o time de Bragança Paulista foi o único a passar as duas fases inicias - São Paulo, Santos e Ituano eram outras equipes que disputaram uma divisão nacional e a Copa Paulista ao mesmo tempo.

Dividido entre a Série B do Campeonato Brasileiro e a Copa Paulista, o Bragantino montou dois elencos. O mais experiente joga o nacional, enquanto um grupo de jovens forma a base do time na copa estadual. Vitor é um desses. Com apenas 21 anos e cinco gols marcados na competição, o meia vem sendo um dos destaques do time de Bragança Paulista. Pelo time principal já fez quatro jogos, sendo três no Paulistão A2 Itaipava e um na Série B do Campeonato Brasileiro.

Vitor Alexandre Maranho Braga fez toda sua carreira futebolística no interior do Estado de São Paulo, apesar de ter nascido em Bandeirantes, no Paraná. “Eu comecei na base do Independente de Limeira, participei de dois estaduais por lá, depois fui para o XV de Piracicaba, ainda na base. Me profissionalizei pelo Rio Branco, pelo qual disputei três Copas Paulistas e depois fui para o América”, disse.

Vitor disputava a Segunda Divisão do Campeonato Paulista pelo América em 2015 e revelou como, por um acaso do destino, foi parar no Bragantino. “Eu estava bem no América, fazendo bons jogos. Me lembro que alguns dirigentes do Bragantino foram assistir alguns jogos nossos, para observar outros jogadores que não eu. Por acaso, nesses jogos, eu acabei me destacando e recebi essa oportunidade de me transferir para o time”, revelou.

Com apenas 21 anos e cinco gols marcados na competição, Vitor vem sendo um dos destaques do Bragantino na Copa Paulista - Foto: Rodrigo Corsi/FPF
Com apenas 21 anos e cinco gols marcados na competição, Vitor vem sendo um dos destaques do Bragantino na Copa Paulista
PARECIDO COM GANSO
Canhoto e com 1,83m de altura, o jovem diz ter um estilo bem parecido com o de Paulo Henrique Ganso, ex-meia do São Paulo. que hoje atua pelo Sevilla-ESP. “Dos jogadores brasileiros em atividade, o Ganso é o que eu mais me assemelho. Pelas nossas características físicas e um pouco pelo nosso estilo de jogo”, explicou.

Apesar das semelhanças, o jogador do Bragantino conta com uma arma a mais para desequilibrar as partidas: a chegada na área. Vitor já tem cinco tentos na Copa Paulista. O último deles, na vitória por 2 a 1 diante do Santos, jogo que decretou a classificação da equipe para o mata-mata. “Eu sou um meia armador de origem. Costumo de comandar o jogo, criar as jogadas e fazer a bola chegar no ataque. Mas também jogo perto da área e gosto de finalizar”, ressaltou.

Para o atleta, o bom desempenho, tanto do time quanto individual, tem uma motivação extra: a oportunidade de aparecer no cenário do futebol. Ciente da vitrine que é o futebol paulista, Vitor revelou um estimulo diferente que os atletas do elenco da Copa Paulista contam. “É muito importante para gente chegar longe na competição. Além do fato de vencer pelo Bragantino, nós também queremos aparecer. Seja para termos uma chance no time principal ou até para buscarmos uma oportunidade em outros clubes”, manifestou.

NÃO SERÁ FÁCIL
Para seguir chamando a atenção, os jogadores do Bragantino terão que superar um grande desafio nas quartas de final. Com a terceira melhor campanha, o São Caetano chega como favorito na visão do jogador. “O time deles é muito qualificado, vem fortes desde o começo do campeonato e são os favoritos para esse confronto”, afirmou Vitor.

O meia, entretanto, promete não dar vida fácil para o concorrente. O jovem, mesmo contra as expectativas, acredita que seu time tem reais chances de classificação. “Será um jogo muito difícil, com um nível muito bom. Sabemos da qualidade deles, mas vamos fazer o que nós temos feito nas últimas partidas, que é marcar bastante e tentar sair vitoriosos” finalizou.

O Bragantino enfrenta o São Caetano nesse domingo (23), pelo jogo de ida das quartas de final, que está marcado para o estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, às 16h.