Jair vê Botafogo 'pagar preço' com reservas e volta a focar meta no Brasileirão

"O time sentiu a falta do entrosamento e não fizemos uma grande partida, com certeza. E agora temos só uma competição", disse o técnico

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 22 - A missão do Botafogo era considerada praticamente impossível na Copa do Brasil, tendo em vista a surpreendente goleada por 5 a 2 que levou do Cruzeiro no jogo de ida das oitavas de final, em casa. Até por isso, o técnico Jair Ventura analisou sem maiores traumas a derrota por 1 a 0 sofrida no confronto de volta, nesta quarta-feira à noite, no Mineirão, onde o treinador acabou optando por escalar uma equipe quase toda reserva, pois passou a priorizar a continuidade do Campeonato Brasileiro.

"A gente paga um preço quando você entra praticamente com um time todo que não vem jogando. A gente perde muito no entrosamento, mas foi uma opção nossa, lógico que a gente sabia da importância da Copa do Brasil. Mas, pelo resultado do primeiro jogo, passamos a priorizar o Brasileiro", afirmou o comandante, em entrevista coletiva na qual enfatizou que o Botafogo segue firme em sua meta de garantir a pontuação que considera necessária para assegurar a sua permanência na elite nacional para 2017.

O técnico Jair Ventura analisou sem maiores traumas a derrota por 1 a 0 sofrida no confronto de volta - Foto: Vitor Silva / SS Press / Botafogo
O técnico Jair Ventura analisou sem maiores traumas a derrota por 1 a 0 sofrida no confronto de volta
ENTROSAMENTO
"O time sentiu a falta do entrosamento e não fizemos uma grande partida, com certeza. E agora temos só uma competição, temos só um objetivo. O nosso objetivo é primeiro fazer os 46 pontos e partir com tudo, com força máxima para o Brasileiro", projetou o comandante, que terá como próximo desafio o duelo contra o América-MG, lanterna da competição nacional, sábado, às 21 horas, no estádio Independência, em Belo Horizonte.

Para o confronto, o técnico botafoguense admitiu que o goleiro Sidão ainda é dúvida, tendo em vista o fato de que enfrenta um "problema de saúde familiar". E o treinador avisou que o jogador só irá atuar depois que este problema for resolvido.

Após derrotar o Vitória por 1 a 0, no último domingo, no Barradão, em Salvador, o Botafogo chegou aos 38 pontos na nona posição do Brasileirão. Ou seja, está a oito pontos da meta que fixou como suficiente para assegurar a sua permanência na elite.