Segundona: Elosport empossa novo conselho gestor

A principal meta é preparar o time para as disputas do Campeonato Paulista da Segunda Divisão (Bezinha), cujo inicio será em abril

por Agência Futebol Interior

Capão Bonito, SP, 13 (AFI) - No último dia 7 de janeiro, em sua sede em Capão Bonito, região Sul de São Paulo, tomou posse o novo Conselho Gestor do Elosport. O grupo irá comandar as ações do Galo do Sul a partir de agora e a principal meta é preparar o time para as disputas do Campeonato Paulista da Segunda Divisão (Bezinha), cujo inicio será em abril e o arbitral deve ocorrer no final deste mês de janeiro.

Tomaram posse o presidente Irineu Rodrigues Gonzales, o gestor do futebol, Arnaldo Ferreira, o gerente de marketing Mahal Prado, o gerente de captação de recursos Pedro Moraes, além do diretor de futebol Haroldo, do diretor Juridico Guto. Estiveram presentes ainda o prefeito de Capão Bonito, Marco Citadini, o técnico Luiz Carlos Vilela e o colaborador Benedito Sampaio.

Segundo o gestor Arnaldo Ferreira, o prefeito Marco Citadini disse na posse da conselho que a prefeitura de Capão Bonito dará todo apoio que o clube vai precisar daqui em diante para que o futebol da cidade avance cada vez mais desde a base até o profissional.
Foi definia ainda a data da apresentação do plantel comandado por Vilela, há mais de 12 anos no clube, para a Bezinha, inicio de fevereiro.

“Teremos total apoio da Prefeitura, como a realização de algumas obras no estádio dr José Sidney da Cunha (que tem capacidade para receber 10 mil pessoas), e para uma parceria para que o Elosport possa trazer uma sede da próxima Taça São Paulo de Juniores”, adiantou o gestor.

Equipe técnica com estágio na Europa
Ferreira disse que o elenco está sendo contratado e terá reforços para a Segunda Divisão e que cinco jogadores que já estavam no clube foram confirmados e nos próximos 30 dias outros serão avaliados.

“Temos essa previsão de fechamento do plantel para o dia 25 de fevereiro. Nossa comissão técnica terá, além do professor Vilela, um auxiliar técnico, um preparador físico que vai atuar como treinador do sub-20 e um fisiologista, que será outra novidade no clube nesta reestruturação. Serão profissionais de qualidade e alguns deles que já fazem estágio na Europa e uma equipe acostumada a formar atletas”, informou Ferreira.

“Pés no chão”
O gestor também deixou claro que o novo “Galo do Sul” não fará loucuras neste primeiro ano. Segundo ele, gastar R$ 100 mil mês é um valor muito alto para uma Bezinha. Estamos prevendo um gasto estimado em R$ 30 mil a R$ 50 mil mês. Faremos uma gestão empresarial no clube, gastando apenas o que vamos arrecadar, sem loucuras ou plano brilhantes, um trabalho de gestão. Senão no outro ano o clube quebra. Vamos fazer um trabalho de formiguinha, para subir e se manter, fazer caixa para o clube e não perdendo os patrocinadores. Vamos nos preocupar em estruturar e dar suporte para os jogadores. Segundo o gestor, Benedito Sampaio estará colaborando com o clube e é amigo do presidente.