Estevam Soares, ex-Tupi-MG, foi o convidado da Pizzaria do Dadá nesta segunda-feira

O treinador participou do programa “Camarote RF” e depois seguiu com os apresentadores para o atual point de Campinas

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 18 (AFI) - O técnico Estevam Soares foi o convidado de honra desta segunda-feira na Pizzaria monte Cristo, a Pizzaria do Dadá. Após participar do programa “Camarote RF” da Rede Família de Televisão, onde falou de assuntos diversos, o treinador opinou sobre os problemas de arbitragens do Brasileirão e do acesso do Guarani parabenizando a Comissão Técnica de Marcelo Chamusca e a Diretoria do Bugre. Também falou de sua repentina saída do Tupi-MG, onde conquistou 22 dos 26 pontos atuais do time mineiro.

“Eu tive uma passagem de três meses e meio pelo Tupi e ao me ver ótima. Fizemos 19 jogos com um trabalho muito bem feito, já que quando cheguei haviam sido disputadas sete rodadas e o time tinha seis derrotas e um empate, ou seja, um aproveitamento de 11%. Eu tive um aproveitamento de 39% nos 19 jogos que comandei, mas na soma geral dos pontos fui responsável por 84% dos ponto conquistados pela equipe. Por isso fiquei surpreso quando após empatar com o Oeste, jogando em Osasco, fui demitido sem uma explicação plausível. Mas isso é o futebol brasileiro e infelizmente a gente tem que se acostumar com isso, apesar de não concordar ”, explicou o treinador.

Após o término do Camarote, Estevam seguiu para a Pizzaria do Dadá e saboreou a melhor costela no bafo de Campinas e a mais saborosa pizza da cidade com os apresentadores do programa e o próprio Dadá. Também provou a Picanha mais procurada da cidade e mostrou conhecimento e atualização do futebol no bate papo informal com os amigos na Pizzaria monte Cristo.
Estevam Soares saboreou a melhor comida servida atualmente em Campinas ao lado do Dadá e dos apresentadores do
Estevam Soares saboreou a melhor comida servida atualmente em Campinas ao lado do Dadá e dos apresentadores do "Camarote RF" da Rede Família de Televisão.

Pizzaria do Dadá
A Pizzaria Monte Cristo fica na Rua Padre Manoel Bernardes, 1085, no Parque Taquaral, à 200 metros da Lagoa do Taquaral, em Campinas (SP). O Restaurante e Pizzaria Monte Cristo é um dos lugares mais descontraídos de Campinas onde você pode saborear pratos tradicionais, executivos, lanches, pizzas, petiscos e muito mais. Além de ser o lugar ideal para reunir a família e os amigos.

Na Pizzaria do Dadá você encontra a melhor costela no bafo de Campinas e região, uma picanha grelhada de fazer inveja a qualquer churrascaria, além de mais de 70 sabores de pizzas salgadas ou doces. Lá você encontra também promoções das mais variadas no cardápio das pizzas.
Recentemente estiveram os ex-jogadores Flávio Conceição, Marcos Assunção, Ademir da Guia, Rivelino, o atual ídolo do Guarani, Fernando Fumagalli, além de nomes como do vice-presidente da CBF e presidente da Federação Catarinense de Futebol, Delfim Pádua Peixoto, do Promotor de Justiça Paulo Castilho, dos Gerentes de Futebol José Manoel Evaristo (Ferroviária), Waldir Lins (Guarani, Linense) e dos técnicos Pintado, Marcelo Chamusca, Eduardo Batista, Tarcísio Pugliese, Márcio Ribeiro, Roberto Fonseca, Roberto Fernandes, Márcio Fernandes, Paulo Roberto Santos, Flávio Araújo, Marcelo Veiga, Luciano Dias, Moisés Egert, Moacir Júnior, Ricardo Costa, Estevam Soares, entre outros.

Mais de Estevam Soares
O treinador Estevam Soares, convidado do “Camarote RF”, vinha dirigindo o Tupi-MG, tendo conquistado 84,6% dos pontos que a equipe de Juiz de Fora somou neste Campeonato Brasileiro da Série B. Ou seja, 22 dos 26 pontos que o Tupi conquistou nesta Série B, foram sob a direção técnica de Estevam Soares.

Estevam chegou ao Tupi na oitava rodada da Série B para substituir Ricardo Drubisck que, em sete jogos, havia conquistado apenas três pontos, com uma vitória e cinco derrotas. Após a saída de Estevam e a entrada do ex-craque Ricardinho, em cinco partidas o Tupi somou apenas um ponto ganho, tendo perdido quatro jogos e empatado apenas um, estando virtualmente rebaixado para a Série C de 2017.

Além do Tupi-MG, Estevam Soares já comandou equipes tradicionais como Guarani, Ponte Preta, Palmeiras, Botafogo-RJ, São Caetano, Ceará-CE, CRB-AL, CSA-AL, América-RN, Coritiba-PR, Portuguesa, Oeste, Rio Claro, entre outros, além de ter dirigindo Guaratinguetá, Grêmio Barueri e Atlético de Sorocaba quando estas equipes eram organizadas e disputavam a primeira divisão paulista.

Antes de ser um treinador de respeito, Estevam Soares foi zagueiro que envergou a camisa de grandes equipes como Guarani, Coritiba-PR, XV de Jaú, São Paulo, Portuguesa, Joinville-SC, Bahia-BA, Vitória-BA, Sport-PE, Sampaio Corrêa-MA, Fluminense-BA, Ponte Preta e Primavera de Indaiatuba, onde encerrou a carreira.