Zouma, do West Ham, se diz culpado por maltratar seus gatos

Após o incidente, o West Ham, puniu o jogador com sanção financeira, e doou seus salários a associações de proteção aos animais

Kurt Zouma se declara culpado por maltratar seus próprios gatos

Categorias: Futebol Mundo

Por: Agência Estado, 24/05/2022

zouma no west ham
Zouma no West Ham (Foto: Divulgação/ Kurt Zouma)

Campinas, SP, 24 – O zagueiro francês Kurt Zouma se declarou culpado à Justiça do Reino Unido, nesta terça-feira, por maus tratos aos seus gatos. O jogador de 27 anos do West Ham, tradicional equipe da primeira divisão inglesa, foi flagrado chutando e batendo no animal de estimação em um vídeo compartilhado nas redes sociais.

zouma no west ham
Zouma no West Ham (Foto: Divulgação/ Kurt Zouma)

O irmão de Kurt, Yoan Zouma, de 24 anos, também compareceu ao tribunal de Londres, onde reconheceu ter “ajudado, encorajado, aconselhado e incitado seu irmão mais velho a cometer um crime”. Ele foi o responsável por divulgar as imagens na internet, no dia 6 de fevereiro. O vídeo gerou revolta entre a torcida do West Ham e a sociedade civil da Inglaterra, e Zouma veio a público se retratar.

“Quero me desculpar por minhas ações. Não há desculpas para meu comportamento, do qual me arrependo sinceramente. Gostaria de assegurar a todos que nossos dois gatos estão perfeitamente bem e saudáveis. São amados e queridos por toda a nossa, e esse comportamento foi um incidente isolado que não acontecerá novamente”, afirmou Zouma em nota ao jornal The Sun.

Os gatos do jogador estão nas mãos da sociedade humanitária RSCPA, que iniciou processos para que Kurt e Yoan Zouma fossem acusados de acordo com a legislação de proteção ao bem-estar animal. Por sua vez, o West Ham não suspendeu o jogador, mas o multou em cerca de 300 mil euros (R$ 1,5 milhão), a mais alta possível. Ele também teve um acordo de patrocínio rompido pela Adidas.

WEST HAM PUNIU ZOUMA

O West Ham garantiu então que, de acordo com as informações disponíveis ao clube, os gatos não “sofreram nenhuma lesão física”. A equipe de Londres garantiu mais tarde que a sanção financeira aplicada ao jogador foi doada a associações de proteção aos animais.

Confira também: