Vila Nova-GO Náutico-PE
Vila Nova 2 x 0 Náutico - 1ª vitória e tchau Z-4

Com o resultado, o Vila Nova chega a sete pontos e deixa a zona de rebaixamento (Z-4), aparecendo no meio da tabela

Categorias: Futebol Brasil

Por: Agência Futebol Interior, 06/05/2022

Vila Nova venceu o Náutico nesta noite de sexta-feira
Vila Nova venceu o Náutico nesta noite de sexta-feira (Foto: Beto Corrêa/ Vila Nova)

Goiânia, GO, 06 (AFI) – O Vila Nova conquistou sua primeira vitória no Campeonato Brasileiro Série B. Na noite desta sexta-feira, recebeu o Náutico, no Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, o OBA, em Goiânia (GO), pela sexta rodada, e venceu por 2 a 0. O time construiu a vantagem no primeiro tempo com gols de Daniel Amorim e Pablo Dyego e depois controlou bem o jogo diante de um Náutico apático e sem poder de reação.

CLASSIFICAÇÃO

Com o resultado, o Vila Nova chega a sete pontos e deixa a zona de rebaixamento (Z-4), aparecendo no meio da tabela, agora há três jogos invicto. O Náutico perde a chance de colar no G-4, zona de acesso à Série A, e também tem sete pontos, há dois jogos sem vencer.

VILA NOVA FAZ 2 NO 1º TEMPO

O começo do jogo foi movimentado e o Náutico assustou em chegadas com Pedro Victor e Ewandro. O Vila Nova respondeu com Daniel Amorim, de cabeça, que viria a balançar a rede aos 21 minutos. Victor Andrade fez bela jogada individual pela esquerda, foi à linha de fundo e tocou na pequena área. A defesa cortou, mas o rebote ficou com Daniel Amorim, que não desperdiçou.

Jean Carlos, principal jogador do Náutico, foi o jogador mais perigoso do time e assustou em chute de fora da área pouco depois do gol. Mas aos 27 minutos quem marcou foi novamente o Vila Nova. Após cobrança de lateral direto para a área, a bola passou por todo mundo e Pablo Dyego apareceu para completar.

VILA NOVA
Primeira do Tigre. Foto: Heber Gomes/AGIF

SEGUNDO TEMPO MORNO

Mesmo com as quatro mudanças logo no intervalo, o Náutico não conseguiu ameaçar o Vila Nova como gostaria. No começo do segundo tempo, foi o Vila quem continuou mais perigoso, com chutes de Pablo Dyego e velocidade de Victor Andrade. A única arma do Náutico seguiu sendo Jean Carlos, que precisou chutar de fora da área mais uma vez para testar o goleiro Georgemy.

A situação quase complicou ainda mais para o Náutico quando Luis Phelipe foi expulso por confusão com Arthur Rezende. Após revisão no VAR, porém, o árbitro mudou a cor do cartão para amarelo. Pouco depois, o Náutico teve uma de suas melhores chegadas com Victor Ferraz e chute de Léo Passos, mas o goleiro do Vila Nova espalmou bem.

O Náutico até teve mais uma chance nos minutos finais, com Luis Phelipe, que bateu colocado, passando perto da trave, mas já era tarde demais.

PRÓXIMOS JOGOS

Os dois times voltam a campo no próximo final de semana pela sétima rodada. No sábado (14), às 18h30, o Vila Nova visita o Sampaio Corrêa, no Estádio Castelão, em São Luís (MA). Os goianos, porém, têm o segundo jogo diante do Fluminense, na quarta-feira, às 21h30, pela Copa do Brasil.

No domingo (15h), às 16h, é a vez do Náutico receber o Cruzeiro, nos Aflitos, em Recife (PE).

FICHA TÉCNICA

Vila Nova-GO
Vila Nova-GO
2 0
Náutico-PE
Náutico-PE
Fase Fase:
Única
Fase Rodada:
Fase Data:
06/05/2022
Fase Hora:
7:00 pm
Fase Arbitro:
Paulo Roberto Alves Júnior (PR)
Fase Assistentes:
Ivan Carlos Bohn (PR) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)
Fase Estádio:
Onésio Brasileiro Alvarenga (OBA)
Fase Público:
4.713 pagantes pagantes
Fase Endereço:
Goiânia (GO)
Fase Renda:
R$ 30.630,00
Fase Cartões Amarelos:
Vila Nova: Alex Silva e Bruno Collaço
Náutico: Djavan, Richard Franco, Ewandro, Luis Phelipe e Camutanga
Fase GOLS:
Vila Nova: Daniel Amorim 21′ 1T e Pablo Dyego 27′ 1T

Confira também: