Turco cancela coletiva no Atlético-MG após morte de mãe de jogador

O clima nos vestiários do Galo foi de silêncio em respeito à morte da mãe do lateral Mariano, que morreu por complicações de Covid. Ela tinha 72 anos

A morte aconteceu durante a partida e o jogador foi comunicado ao final do confronto. Vestiário perdeu o esperado clima de festa

Categorias: Grandes clubes do Brasil

Por: Agência Futebol Interior, 23/06/2022

turco mohamed atlaetico mg coletiva
Turco feliz com o desempenho do Atlético-MG (Foto: Reprodução / Youtube)

Belo Horizonte, MG, 23 (AFI) – Apesar da importante vitória do Atlético-MG sobre o Flamengo, por 2 a 1, pelas oitavas de finais da Copa do Brasil, a noite não teve festa completa. O clima nos vestiários do Galo foi de silêncio em respeito à morte da mãe do lateral Mariano, que morreu por complicações de Covid-19. O técnico Turco Mohamed, inclusive, cancelou a sua coletiva.

A morte aconteceu durante a partida e o jogador foi comunicado ao final do confronto. Ele já sabia da situação delicada da mãe, mesmo assim se colocou à disposição para participar do jogo no Mineirão. Celina Lourenço Ferreira tinha 72 anos.

TORCIDA E TIME
Sentindo a dor do jogador, o técnico apenas fez um breve comentário, agradeceu o apoio dos torcedores, que outra vez, lotaram o Mineirão, e também salientou todo o empenho dos jogadores. Ele, porém, deixou claro que não s sentia bem em falar mais nada.

“Quero agradecer o apoio da torcida e o esforço do jogadores. Tivemos um tema pessoal: morreu a mãe do Mariano. Por conta disso, não é um momento para analisar o jogo. Mas, seguramente, amanhã ou sexta-feira, atendo às perguntas de vocês”, disse o técnico a toda a imprensa que esperava ansiosa sobre seus comentários do clássico.

Agora, o Atlético-MG vira a chave para o Campeonato Brasileiro, porque no sábado, às 21h, vai enfrentar o Fortaleza, pela 14.ª rodada, de novo no Mineirão. Este será o terceiro jogo em uma semana diante da torcida.

Confira também: