Treinador diz querer ficar no Grêmio após queda para a Série B

Vagner Mancini chegou em situação delicada e quase conseguiu um milagre

Categorias: Grandes clubes do Brasil

Por: Agência Futebol Interior, 10/12/2021

vagner mancini treinador gremio
Vagner Mancini quer ficar no Grêmio (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

Porto Alegre, RS, 10 (AFI) – Chateado por não ter conseguido livrar o Grêmio do rebaixamento para a Série B do Brasileiro, Vagner Mancini deixou claro que quer ajudar a recolocar o clube na elite nacional.

Em entrevista concedida após a vitória sobre o Atlético-MG, por 4 a 2 – resultado insuficiente para escapar da queda -, Mancini reiterou o desejo de ser o treinador do Grêmio na próxima temporada. Seu contrato vai até dezembro de 2022.

“É óbvio que fico. Quero ficar. Quero fazer parte. Não sou de desistir das coisas. Faço parte de uma geração no Grêmio que foi vencedora da Libertadores como atleta. Por isso aceitei o desafio. Sabia que era difícil. Chegamos muito próximos e não foi suficiente”, disse o treinador.

Vagner Mancini vinha realizando um grande trabalho no América-MG quando recebeu, em outubro, o convite para substituir Luiz Felipe Scolari no Grêmio. Faltavam 14 partidas e o Imortal era o penúltimo colocado, com 23 pontos.

Sob seu comando, o Grêmio conquistou 20 pontos. A reação, porém, foi insuficiente. O clube terminou o Brasileirão na 17ª colocação, abrindo a zona de rebaixamento, com três a menos que o Juventude.

Tudo indica que Vagner Mancini continua como treinador tricolor em 2022, enquanto o elenco vai passar por uma profunda reformulação, até mesmo por conta da questão financeira.

Confira também: