Time do Brasileirão oficializa treinador português

Técnico é mais uma da série de contratações que o Botafogo faz após a mudança para o modelo de SAF

Português, que chegou a negociar com o Corinthians, já estava acertado com o clube há algumas semanas

Categorias: Grandes clubes do Brasil

Por: Agência Futebol Interior, 25/03/2022

FOuhsWZXIAE3mRQ 1

Rio de Janeiro, RJ, 25 (AFI) – Agora é oficial. Luís Castro é o novo técnico do Botafogo-RJ. Castro desembarca no Rio de Janeiro no domingo (27), no Aeroporto do Galeão, às 6h, para iniciar a sua trajetória no time carioca. O contrato do treinador é de dois anos. 

“Luís Castro é o homem certo para o Botafogo. Altamente reconhecido por sua liderança e pelo desenvolvimento da Academia de Futebol do Porto, ganhou de alguns dos melhores times do mundo e, recentemente, venceu a Emir Cup com o Al-Duhail, Mister Castro sabe como construir times campeões. Ele é treinador, professor e um verdadeiro gentleman. Mas agora, como vocês sabem, ele foi escolhido pelo clube mais tradicional, destacou John Textor. 

Castro chega acompanhado de Vitor Severino (auxiliar), João Brandão (auxiliar), Daniel Correa (preparador de goleiros), Roberto Oliveira, Betinho (preparador físico) e Nuno Baptista (analista de desempenho). 

NOVELA
Castro já estava acertado com o clube há algumas semanas. No dia 13 de março, o Al Duhail, ex-clube do treinador, afirmou que o técnico estava deixando a equipe “em comum acordo” para assumir um time no Brasil. Sua última partida à beira do campo com os árabes foi no dia 18, com o título da Copa do Emir.

Antes de fechar com o Botafogo, Castro foi pivô de uma queda de braço com o Corinthians pela sua contratação. O time paulista buscava um substituto para a vaga de Sylvinho e tentou atravessar a negociação, mas desistiu por não concordar com o pagamento da multa. Outro português foi contratado para o cargo, o técnico Vitor Pereira.

BOTAFOGO CONTRATANDO

Luís Castro é mais uma da série de contratações que o Botafogo faz após a mudança para o modelo de SAF, comandado pelo empresário norte-americano John Textor. Além do treinador português, o clube carioca contratou os volantes Patrick de Paula (Palmeiras) e Luís Oyama (Mirassol), o meia ex-Chelsea e São Paulo Lucas Piazon (Braga-POR), o lateral-direito Saravia (Porto) e o zagueiro Philippe Sampaio (Guingamp-FRA).