Técnico do Marrocos detona estrela do Chelsea: 'Nem se chamasse Messi'

Bósnio Vahid Halilhodziv não espera contar com o meio-campista enquanto estiver no comando

Ziyech não deve vestir as cores de seleção tão cedo

Categorias: Futebol Mundo

Por: Agência Futebol Interior, 04/02/2022

Ziyech Marrocos Selecao scaled
Foto: Divulgação/Chelsea

Campinas, SP, 04 (AFI) – A campanha do Marrocos na Copa Africana das Nações poderia ser melhor, aliás, o craque do Chelsea-ING, Ziyech, não foi convocado. O treinador da seleção, Vahid Halilhodziv, porém, não se arrepende.

O bósnio é muito crítico em relação ao meio-campista nem espera chamar o atleta nos próximos compromissos. Segundo o comandante, o atleta demonstrou falta de comprometimento ao defender as cores do país.

FARIA DIFERENÇA?

Ziyech, obviamente, é a grande estrela marroquina. Apesar de nomes como Hakimi, do PSG-FRA, Bono, Munir e En-Nesyri do Sevilla-ESP, além dos menos badalados Amrabat, do Fiorentina-ITA, e Saiss do Wolverhampton-ING, é fato que o meia do Chelsea faz falta.

Marrocos foi eliminado nas quartas-de-final para o Egito de Salah, ao perder por 2 a 1 na prorrogação e, com Ziyech, sabe se lá qual seria o desfecho? Poderia dar errado, óbvio, mas não há dúvidas do talento.

O verdadeiro problema é a postura, que faz Vahid Halilhodziv ser contundente.

“Não posso convocar um jogador como Ziyech. Nem que se chamasse Lionel Messi. É alguém que pode arruinar o ambiente no vestiário. Pela primeira vez na minha carreira de treinador tive um jogador da seleção que não queria treinar e dizia que estava lesionado. Mesmo com os exames médicos mostrando que estava apto.”