Spartak Moscou perde patrocínio Nike por guerra na Ucrânia

"A Nike notificou o encerramento do contrato de patrocínio devido ao fato de, seguindo o veredicto da Uefa, nosso clube não poderá participar das competições europeias na próxima temporada" - informou o Spartak Moscou em seu site

A Nike não irá mais ser a fornecedora de materiais esportivos do Spartak Moscou devido a guerra entre Rússia e Ucrânia. A empresa alega que não fornecerá mais material para a equipe pois ela não disputará competições européias

Categorias: Futebol Mundo

Por: Agência Estado, 12/05/2022

spartak moscow nao e mais patrocinado pela nike
Spartak Moscow não é mais patrocinado pela Nike (Foto: Divulgação/ Spartak Moscou)

Campinas, SP, 12 – A invasão da Rússia na Ucrânia segue trazendo consequências para os clubes de futebol russos. Nesta quinta-feira, o Spartak Moscou perdeu o patrocínio da Nike, que era sua fornecedora de material esportivo. A empresa americana alegou que o time da capital russa não estará nas competições europeias da próxima temporada.

spartak moscow perde patrocinio da nike
Spartak Moscou perde patrocínio da Nike (Foto: Divulgação/ Spartak Moscow)

FIM DA NIKE NO SPARTAK

“A Nike notificou o encerramento do contrato de patrocínio devido ao fato de, seguindo o veredicto da Uefa, nosso clube não poderá participar das competições europeias na próxima temporada”, informou o próprio Spartak, em seu site. A direção do clube avisou que já procura novo fornecedor. A famosa empresa americana apoiava o Spartak desde 2005.

DECISÃO DURA DA NIKE

A decisão da Nike é mais uma consequência dura para os clubes de futebol após a decisão da Rússia de invadir a Ucrânia no fim de fevereiro. Desde então, equipes de diversas modalidades do país vem sofrendo retaliações de entidades e organizadores de grandes competições.

UEFA E FIFA SE PRONUNCIARAM PRIMEIRO

As primeiras decisões de peso partiram da Uefa e da Fifa. A entidade europeia suspendeu a participação dos clubes russos e belorussos (Belarus é o único país que apoia publicamente a invasão da Ucrânia) na Liga dos Campeões, na Liga Europa e na Liga Conferência. Depois, vetou também a participação na próxima temporada.

FIFA VETOU A RÚSSIA

A Fifa, por sua vez, vetou a seleção da Rússia nas Eliminatórias da Copa do Mundo, impedindo, na prática, a participação dos russos no Mundial do Catar, no fim do ano. Logo após a invasão, o time da Rússia também ficou proibido de disputar os Jogos Paralímpicos de Inverno, de Pequim, no começo do ano.

FÓRMULA 1 SE PRONUNCIOU

Entre outras decisões, a Fórmula 1 cancelou o contrato com o GP da Rússia e a organização do Torneio de Wimbledon vetou a presença de tenistas russos e belorussos na edição deste ano, a ser disputada no próximo mês.

DE BRUYNE EXALTA TREINOS E CONFIANÇA APÓS HAT-TRICK COM PÉ ESQUERDO E GOLEADA DO CITY

Confira também: