Série C: Sem chances de avançar, técnico do Mirassol lamenta eliminação precoce: 'Não era o que queríamos'

Neste final de semana, o Leão até venceu o Paraná, mas os outros resultados não favoreceram

Categorias: Futebol Interior

Por: Agência Futebol Interior, 15/09/2021

Mirassol irá cumprir tabela nas duas últimas rodadas da Série C

Mirassol, SP, 15 (AFI) – Apesar de ter vencido o Paraná no último domingo (12) por 2 a 1, os resultados da 16ª rodada não favoreceram ao Mirassol, que deu adeus as chances de classificação para a próxima fase do Campeonato Brasileiro da Série C. Tanto que neste começo de semana, o técnico Eduardo Baptista fez uma análise da temporada como um todo e afirmou que as baixas nesta reta final, complicaram a equipe.

“O trabalho tem de ser avaliado no ano como um todo. Tivemos um 2021 brilhante, com um acesso logo no início seguido de um título brasileiro inédito de suma importância. Um Paulistão dentro das nossas expectativas, já que pensávamos em chegar longe. E na Série C sofremos um desmanche muito forte. Perdemos 11 titulares, praticamente, e isso atrapalhou bastante com pouco tempo para nos prepararmos. Não foi a Série C que queríamos fazer, mas dentro do que conseguimos, a permanência se torna um objetivo importante, já que é a primeira Série C do Mirassol. Então, a manutenção acaba sendo um bom resultado”, disse o comandante.

Atualmente na sétima colocação com 19 pontos, o Mirassol irá apenas cumprir tabela nas últimas rodadas contra Criciúma e Novorizontino, afinal também não tem mais chances de rebaixamento. Por isso, Baptista já irá começar o planejamento do Leão para 2022 e afirma que quer tirar lições deste ano.

“A permanência nos dá bastante experiência para a montagem do ano que vem, melhorarmos e fazermos um trabalho mais a longo prazo para conseguirmos o acesso. Mais um ano o Mirassol tem calendário anual e isso é importante para a equipe se reestruturar, conhecer as competições nacionais, se solidificar e entrar de vez no cenário nacional”, completou.

Confira também: