Seleção FI da 7ª rodada da Série C conta com 8 times

O time vem comandado pelo técnico Eduardo Souza, da Aparecidense-GO, que encerrou sequência de cinco jogos sem vencer

Categorias: Seleção da Rodada

Por: Agência Futebol Interior, 25/05/2022

mirassol 3
Kauan, do Mirassol

Campinas, SP, 25 (AFI) – A sétima rodada do Campeonato Brasileiro Série C se encerrou na noite desta quarta-feira e agora é hora de conferir os integrantes da tradicional Seleção FI. O time vem comandado pelo técnico Eduardo Souza, da Aparecidense-GO, que encerrou sequência de cinco jogos sem vencer, em duelo movimentado com o Floresta-CE. A Seleção FI da 7ª rodada da Série C vem com representantes de oito times.

CONFIRA A SELEÇÃO FI DA 7ª RODADA DA SÉRIE C:

Goleiro: Wilson (Figueirense-SC)
Em um duelo difícil diante do Brasil-RS, em Pelotas, o arqueiro do Figueira foi crucial para a vitória do time. Com boas defesas, ele impediu a abertura do placar e o empate pelos gaúchos quando a zaga catarinense era vencida. Da mesma forma, chamando para si a responsabilidade, fez o gol da vitória alvinegra em Pelotas, através de uma boa cobrança de pênalti.

Lateral-Direito: Alemão (Vitória-BA)
Em um duelo tranquilo diante do Confiança-SE, o lateral fez o “feijão com arroz” e ajudou a resolver o jogo. Apoiando ofensivamente quando necessário, ajudou a construir boas jogadas de ataque do rubro-negro. Da mesma forma, quando o Dragão tentou ameaçar, teve boa recomposição e ajudou a impedir possíveis lances de perigo.

Zagueiro: Ícaro (ABC-RN)
Diante de um adversário em recuperação, o ABC-RN precisou suar para sair com a vitória. No João Ronaldo, em Pacajus-CE, o Elefante foi eficiente e conseguiu trazer uma vitória fora de casa sobre o Atlético-CE, por 1 a 0. Apesar de não ter feito o tento dos três pontos, o zagueiro Ícaro foi um dos pilares da vitória, a qual coroou uma boa atuação do sistema defensivo alvinegro.

Zagueiro: Vitão (Ferroviário)
O Ferroviário venceu o Botafogo-SP por 1 a 0, mas o duelo foi suado. O time paulista jogou bem, principalmente no primeiro tempo, e exerceu forte pressão. A defesa cearense se postou muito bem e Vitão liderou o setor para que o time não sofresse gols.

Lateral-esquerdo: Patrick Brey (Paysandu)
As jogadas pelo lado do campo foram uma das principais armas usadas pelo Papão na vitória contra o Volta Redonda. O lateral-esquerdo Patrick Brey foi um dos principais nomes nas chegadas ofensivas e sofreu o pênalti que resultou no primeiro gol.

Volante: Felipe Baiano (Manaus-AM)
Mesmo sem o Gavião Real ter saído com a vitória, o time demonstrou uma boa atuação e criou bastante diante do São José. Um dos ‘coringas’ do meio de campo amazonense, Felipe Baiano teve mais uma boa atuação. Além de ter dado a assistência para o gol de Rafael Ibiapino, ele tanto ajudou a criar como criou boas jogadas ofensivas, as quais quase deram os três pontos ao Gavião.

Meia: Gabriel Santiago (Vitória-BA)
Num jogo onde o Vitória venceu e voltou a demonstrar uma boa apresentação, Gabriel, uma das promessas do rubro-negro baiano, foi bem. Titular e presente em boa parte da partida, o meia fez o gol o qual abriu o marcador no Barradão, o seu primeiro como profissional. Além disso, armou boas jogadas as quais levaram perigo contra a meta do Confiança-SE.

Meia: Kauan (Mirassol)
Apenas 19 anos, mas muita maturidade para definir a vitória do Mirassol. Fez os dois gols no triunfo por 2 a 1 diante do Altos, que mateve o time paulista na liderança. Um resultado importante para mostrar que o time não se abateu com sua primeira derrota na rodada anterior.

Atacante: Alex Henrique (Aparecidense-GO)
Um dos destaques do time na campanha pelo acesso à Série C, Alex foi crucial na vitória do Camaleão sobre o Floresta-CE. Em um duelo difícil, ele foi o autor de dois gols e responsável pelas principais jogadas ofensivas dos goianos. Além disso, com boa movimentação, ajudou a quebrar a boa composição defensiva cearense em diversos lances.

Atacante: Danrlei (Paysandu)
O artilheiro do Papão, com sete gols no ano, foi decisivo mais uma vez. Danrlei saiu do banco de reservas e fez o gol que deu a vitória e colocou o Paysandu de volta ao G-8.

Atacante: Bruninho (Ferroviário)
Foi o talismã na vitória do Ferroviário diante do Botafogo-SP. Quando tudo indicava o empate, ele saiu do banco de reservas para decidir a partida com gol aos 38 minutos do segundo tempo, de peixinho.

Técnico: Eduardo Souza (Aparecidense-GO)
Mesmo jogando dentro de casa, os goianos tiveram dificuldades de impor o seu ritmo. Contra um Floresta-CE em melhor fase e o qual pressionou, o Camaleão precisou se adaptar de forma eficiente. Isso se deu através de uma boa reorganização do time feita pelo seu técnico durante a partida. Além disso, com as mudanças, o time cresceu, e o gol da vitória veio através de Luiz Paulo, que estava no banco.

Confira também: