Seleção brasileira: Mesmice de Tite irrita crônica e torcida

O treinador parou no tempo e se apegou demais ao grupo de jogadores

Acreditem ou não,Tite voltou a chamar Phillippe Coutinho, que não consegue jogar em lugar nenhum

Categorias: Colunas

Por: SÉRGIO CARVALHO - -, 13/01/2022

liverpool 03 e1642109615942
Phillipe Coutinho: o mais questionado

São Paulo, SP, 13 – Parece que a velhice está prejudicando cada vez mais o técnico Tite da Seleção Brasileira. Toda vez que ele aparece para divulgar a relação de convocados para os jogos das Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo, a gente acredita que ele vai surpreender.

CONFIRA OS CONVOCADOS POR TITE !

Após a divulgação dos nomes convocados, no entanto, percebemos que o treinador da Seleção parou no tempo e se apegou a tal ponto ao grupo que formou desde que assumiu a responsabilidade deste trabalho que, mesmo tendo obrigação de fazê-lo, não consegue se desvencilhar de seus medos e fantasmas, nestas ocasiões.

Acreditem ou não,Tite voltou a chamar Phillippe Coutinho, que não consegue jogar em lugar nenhum, mas que, para Tite “ainda tem muito a dar à nossa seleção”. Também trouxe do passado, o lateral direito Daniel Alves, que envelheceu, não tem mais a mesma agilidade e rapidez para jogar e está muito próximo da aposentadoria. Ainda assim, Tite não desistiu dele na Seleção.

E Tite não inova nunca. Nem nas convocações para o gol, nem na defesa, nem no meio campo e muito menos no ataque.

ALGUNS UNÂNIMES

Em algumas posições, no entanto, a gente concorda com ele. Por exemplo, Tite acertou na convocação dos três goleiros. A verdade é que, no momento, não existe ninguém melhor do que Alisson, Ederson e Weverton. Pode até haver igual, mas superior, não. Já na lateral direita, além do aposentado Daniel Alves, Tite convocou Emerson, do Tottenham, da Inglaterra.

Será que não há ninguém melhor do que esse “desconhecido” para vestir a camisa titular da seleção? Acho que tem. Basta procurar. Mas Tite não quer saber de novidades. Ele apoia seu grupo e ponto final. Vai morrer abraçado com ele.

Prova disso é que na lateral esquerda ele insiste com Alex Sandro, lateral apenas mediano e com o desconhecido Alex Tales, do Manchester. E se esquece do excelente Guilherme Arana, do Atlético Mineiro, que acaba de se sagrar campeão brasileiro de futebol com a camisa do Galo mineiro. Não é uma incoerência??? 

MESMOS DE SEMPRE

No miolo de zaga, os mesmos de sempre: Militão, Gabriel Magalhães, Marquinhos e Thiago Silva. Será que não existe mais ninguém com qualidade para pelo menos ser experimentado neste miolo de zaga? No meio de campo sobram pangarés. Fabinho, Fred, Everson Ribeiro e Coutinho.

Além dos aplicados Paquetá, Bruno Guimarães e Gerson. Sobre Everson Ribeiro, em particular, o que tenho a dizer, é que ele fez sua pior temporada em 2021 como jogador no futebol jogando pelo Flamengo.  Então, por que insistir com ele?

No ataque, Neymar machucado foi esquecido. Mas se batemos palmas para Vinicius Junior, que está voando no Real Madrid, o mesmo não podemos dizer de Rodrigo, que é bom de bola mas não está jogando o necessário para ser convocado.

Então, por que esquecer o incrível Hulk, do Atlético MG, e chamar Rodrigo? Dá prá entender? E para terminar. Os próximos jogos do Brasil pelas Eliminatórias serão quinta-feira, dia 27 de janeiro ,às 18 horas, contra o Equador, em Guaiaquil. E terça-feira, dia 1 de fevereiro, às 21h30, no Mineirão, em BH, Brasil x Paraguai. 

Confira também: