Sem encaixe ideal, Ponte Preta vê sistema defensivo em queda na temporada

Com derrota diante do Guarani, Macaca amarga a lanterna geral do Campeonato Paulista, com apenas sete pontos

Publicado em .

Com derrota diante do Guarani, Macaca amarga a lanterna geral do Campeonato Paulista, com apenas sete pontos

Campinas, SP, 20 (AFI) - Em meio ao caos técnico neste início de temporada, a Ponte Preta vê o sistema defensivo em xeque no Campeonato Paulista.

Após derrota diante do Guarani, de virada, na última segunda-feira, pelo placar de 3 a 2, a Macaca já contabiliza 16 gols sofridos em dez jogos.

A defesa, a menos vazada na Série B do Campeonato Brasileiro de 2018, ainda não teve o encaixe ideal neste ano, seja com Gilson Kleina ou João Brigatti.

Ponte vê sistema defensivo em queda na temporada - Álvaro Júnior / AA Ponte Preta
Ponte vê sistema defensivo em queda na temporada
QUEDA

Em 2020, a Alvinegra só não tomou gols em uma partida das dez disputadas no Estadual - justamente na segunda rodada, quando venceu o Botafogo-SP, por 1 a 0, em Ribeirão Preto.

Time campineiro, terceira pior defesa do torneio regional com 16. já foi vazado por três vezes em duas situações: Santo André e Guarani.

Em comparativo com o ano anterior, quando ainda não teve bom desempenho coletivo, cenário se repetiu em duas situações, mas só a partir de outubro: Botafogo-SP (4 a 1) e Figueirense (3 a 1), no Estádio Santa Cruz e no Estádio Moisés Lucarelli, respectivamente.

UNANIMIDADE

Convocado à Seleção Brasileira, Ivan é o único nome incontestável da defesa. Até o momento, Ponte Preta não encontrou a dupla de zaga ideal - Henrique Trevisan mostra-se intocável, mas ainda não se firmou com Cléber Reis, Wellington Carvalho ou Alisson.

Nas laterais, o panorama é bem parecido, com várias opções testadas, mas sem agradar: lateral-direita (Jeferson, Dawhan e Apodi) e lateral-esquerdo (Guilherme Lazaroni e Yuri).