Paulistão: Defesa é trunfo do Palmeiras para ampliar série invicta

No entanto, foco do momento está na Recopa Sul-americana

Palmeiras sofreu apenas um gol no campeonato até aqui

Categorias: Grandes clubes de São Paulo

Por: Agência Estado, 19/02/2022

Weverton Palmeiras Mundial
Weverton, goleiro do Palmeiras - Foto: Divulgação

São Paulo, SP, 19 – O Palmeiras tem feito jus no início desta temporada ao trecho de seu hino que exalta a “defesa que ninguém passa”. O time de Abel Ferreira ostenta os melhores números defensivos do Campeonato Paulista. E é no desempenho de sua retaguarda que aposta especialmente a equipe para ampliar a série invicta no torneio e se manter na liderança de sua chave. O adversário deste sábado, às 16 horas, é o Santo André, no Allianz Parque. O duelo abre a oitava rodada.

BELOS NÚMEROS

Em cinco partidas, o Palmeiras sofreu apenas um gol – contra o São Bernardo, na segunda rodada – e é o clube menos vazado entre os 16 participantes. O Corinthians, que levou cinco, aparece na sequência. A retaguarda passou a ser um dos pilares do time alviverde, treinado por um técnico capaz de montar competentes sistemas defensivos em diferentes modelos de jogo. Levando em conta também o Mundial de Clubes, o Palmeiras contabiliza três gols sofridos em sete partidas, média de quase um gol a cada dois confrontos.

Desde o fim do ano passado, Abel Ferreira tem usado um sistema com três defensores, com o lateral uruguaio Piquerez ao lado de Gómez e Luan e o meia Gustavo Scarpa como ala pela esquerda. Zé Rafael e Danilo protegem a zaga e ajudam na construção das jogadas, geralmente concluídas por Dudu e Raphael Veiga. Na ausência de um camisa 9 de peso, Rony é o homem de referência na área.

No Paulistão, Murilo, uma das caras novas para 2022, aproveitou as chances que lhe foram dadas. O defensor tem tido oportunidades em virtude do revezamento promovido pelo treinador português e já marcou dois gols, o último deles marcado na vitória sobre a Ferroviária por 2 a 0, na quarta-feira passada.

O triunfo em Araraquara foi o quarto no torneio e manteve invicto o time, que soma 13 pontos em cinco partidas e lidera o Grupo C com um ponto de vantagem para o Mirassol. Cabe lembrar que a equipe tem dois jogos a menos que seus adversários porque estava na disputa do Mundial de Clubes em Abu Dabi.

Contra a Ferroviária, os titulares descansaram e começaram o jogo no banco. Apenas Weverton iniciou o duelo. Neste sábado, é provável que algumas das principais peças retornem. Certo é que Zé Rafael e Gustavo Scarpa, lesionados, continuam fora.

OUTRO FOCO

O foco, porém, no momento, não é o Estadual. É a Recopa Sul-americana, torneio que reúne os campeões da Libertadores e Sul-americana. Quarta-feira, 23, o Palmeiras faz o primeiro jogo contra o Athletico-PR, em Curitiba, na Arena da Baixada. A volta está marcada para o dia 2 de março, no Allianz Parque.

Confira também: