Paulista A3: Festa de encerramento será nesta segunda-feira em Campinas

O evento, no Hotel Nacional Inn, vai reunir, dirigentes, esportistas e autoridades, além de toda a Imprensa que acompanhou a competição nesta temporada.

A premiação da "Seleção da Série A3", será feita de forma inédita pelo Sindicato dos Atletas - Sapesp -, em parceria com a Federação Paulista de Futebol (FPF) e apoio do Portal FUTEBOL INTERIOR e da ACEISP - Associação dos Cronistas Esportivos do Interior de São Paulo.

Categorias: Estaduais

Por: Rivail Oliveira, 23/05/2022

noroeste 4

Campinas, SP, 19 (AFI) – A festa de encerramento da Série A3 do Paulista será nesta segunda-feira, às 19h30, no Hotel Nacional Inn, em Campinas, serão premiados os melhores do Campeonato Paulista da Série A3 de 2022. Na oportunidade vai acontecer a premiação aos clubes finalistas, bem como a premiação da Seleção da Série A3. A grande final do estadual aconteceu neste sábado, 16h, entre Comercial e Noroeste, no estádio Francisco Palma Travassos, em Ribeirão Preto. O time de Bauru ficou com o título

A premiação da “Seleção da Série A3”, será feita de forma inédita pelo Sindicato dos Atletas – Sapesp -, em parceria com a Federação Paulista de Futebol (FPF) e apoio do Portal FUTEBOL INTERIOR e da ACEISP – Associação dos Cronistas Esportivos do Interior de São Paulo. A Seleção foi indicada, rodada a rodada, pelos próprios atletas.

O evento,, no Hotel Nacional Inn,  vai reunir, dirigentes, esportistas e autoridades, além de toda a Imprensa que acompanhou a competição nesta temporada.

BAFO, MELHOR CAMPANHA

A decisão da Série A3, uma das melhores da história, reuniu dois times de muita tradição, camisa, torcida e que fizeram campanhas espetaculares no estadual.  O Comercial, dirigido por Gustavo Marciano, a grande revelação como treinador no primeiro semestre no estado de São Paulo,  fez a melhor campanha da Série A3 entre todos 16 participantes. O Bafo somou 48 pontos em 24 jogos,  com 13 vitórias, 9 empates e 3 derrotas, 43 gols pró e 23 gols contra.

Na primeira fase o Leão do Norte somou 31 pontos em 15 jogos, 9 vitórias, 4 empates e 2 derrotas, 28 gols pró e 14 contra. Na fase seguinte, esteve no grupo que tinha ainda Votuporanguense, Suzano e São José, e terminou em primeiro lugar com 14 pontos em 6 jogos, com 4 vitórias e 2 empates, 11 gols pró e 4 contra.

 Nas semifinais, o Comercial mostrou sua força e conquistou o acesso e vaga para as finais, com dois empates com a Votuporanguense 1 a 1 fora de casa e 0 a 0 no Palma Travassos. Na primeira final, sábado retrasado, em um grande jogo, perdeu para o Norusca no Alfredo de Castilho. No jogo de volta, chegou a estar vencendo por 2 a 0, mas acabou levando o empate no apagar das luzes.

NORUSCA FEZ HISTÓRIA

O Noroeste, comandado pelo “multicampeão, Luiz Carlos Martins”, fez uma excepcional campanha na temporada: a segunda melhor do estadual. A Maquininha Vermelha de Bauru somou 46 pontos em 24 jogos, com 12 vitórias, 7 empates e 4 derrotas; 29 gols pró e 17 gols contra.

Na primeira fase do estadual, o Norusca totalizou 30 pontos, em 15 jogos,  com 9 vitórias, 3 empates e 3 derrotas, 18 gols pró e 8 gols contra. Na segunda fase,  time da “Cidade Sem Limites”, conquistou o primeiro lugar no seu grupo, que tinha São Bernardo, Marília e Capivariano:  9 pontos, com 2 vitórias, 3 empates e 1 derrota, 5 gols pró e 4 contra.

Nas semifinais, o Norusca carimbou passagem para a Série A2 passando pelo EC São Bernardo: derrota por 2 a 0 no ABC e vitória por 2 a 0 em Bauru. E no primeiro jogo da grande final, sábado passado no Alfredo de Castilho praticamente lotado, fez 2 a 1, de virada, e na segunda partida, neste sábado, na “Joia” de Ribeirão, buscou um empate que era visto como improvável para ficar com o título.

Confira também: