Paulista A3: Ex-tesoureiro do Rio Preto é mais uma vez derrotado na Justiça

O presidente lamenta que anti-torcedores fazem de tudo para prejudicar o clube

Justiça concede causa ganha a favor do Rio Preto contra Márcio Luís Mendonça

Categorias: Estaduais

Por: Oscar Silva, 13/06/2022

Rodigues e Malvezi

São José do Rio Preto, SP, 13 (AFI) – O ex-tesoureiro do Rio Preto Esporte Clube, Márcio Luís Mendonça, sofre mais uma derrota na justiça. O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, com Comarca e Foro da Vara do Juizado Especial Cível, de São José do Rio Preto, por meio do juiz Dr. Cristiano de Castro Jarreta, concedeu mais uma vez a causa de ganho do processo de número 103 8849-47.2020.8.26.0576, contra o requerente Márcio Mendonça e a favor do clube rio-pretense. Com isso, Mendonça é condenado a pagar também os honorários.

SEGUNDA DERROTA COSECUTIVA
Com a decisão favorável ao Rio Preto, o mesmo perdeu, recorreu e perdeu de novo em atos de mais de dez ações contra o clube e a pessoa do presidente esmeraldino, Dr. José Eduardo Rodrigues. O ex-tesoureiro, afastado experimentou outra derrota na justiça, onde pleiteou 30 mil reais de indenização por suspostos danos morais causados a sua pessoa. O juiz extinguiu a ação por não indentificar qualquer ataque á pessoa do referido autor. Mendonça, que se ocupa ao atacar e prejudicar a imagem do clube e do presidente, recorreu e perdeu novamente por decisão do colégio recursal que confirmou a sentença do magistrado de primeira estância.

FALAM, PRESIDENTES
O presidente do Glorioso da Vila Universitária, Dr. José Eduardo Rodrigues, disse lamentar a perseguição fanatizada empreendida por anti-torcedores do Rio Preto que fazem de tudo para prejudicar a gestão e o bom nome da agremiação, agindo por interesse contrários”, comentou, Rodrigues. Já o presidente do Conselho Deliberativo, Itamar Rubens Malvezi, afirmou que a política de destruição e sabotagem constantes contra o Rio Preto é comandada por pessoas que nunca foram torcedores”, do Jacaré.

Confira também: