Para evitar prejuízo, clube da Série B fecha os portões e proíbe torcida de ir a jogo

Não é de hoje que o clube tem se estranhado com sua torcida

Bahia não vai permitir que seus torcedores acompanhem o time no estádio

Categorias: Grandes clubes do Brasil

Por: Agência Futebol Interior, 24/01/2022

Arena divulgacao 01 ori 2
Portões fechados. (Foto: Divulgação)

Salvador, BA, 24 (AFI) – O futebol brasileiro chegou ao fundo do poço com a colaboração do Bahia. O Tricolor, que é um clube de massa e adora dizer que é do povo, fechou os portões e não permitirá que seus torcedores acompanhem a partida contra o Doce Mel na Arena Fonte Nova, em Salvador, nesta quarta-feira, às 19h15, pela terceira rodada do Campeonato Baiano.

Não é de hoje que o Bahia tem se estranhando com parte da torcida. Já teve até invasão de treino. Mas a justificativa do Esquadrão é evitar prejuízo financeiro, uma vez que o Governo da Bahia restringiu o público por conta da pandemia de Covid-19.

O limite permitido nos estádios é de 1,5 mil torcedores. O Bahia, no entanto, sequer conseguiu levar isso ao estádio na segunda rodada. O empate, por 1 a 1, com o UNIRB teve míseros 973 pagantes.

Com os portões fechados, as despesas ficam com a gestora da Arena Fonte Nova. Caso contrário, o Bahia assume os gastos. Diante disso, a diretoria tomou uma atitude, no mínimo, polêmica, ao proibir que seu torcedor possa acompanhar o time. Piada de mal gosto para o clube que adora ‘lacrar’ ao dizer que é o time do povo.

Confira também: