Jogo bom uma ova!

Ituano vence São Caetano

por ARIOVALDO IZAC - - - Campinas

Filósofo de botequim um dia avisou que 'é preferível ouvir bobagem de que ser surdo'.

E que bobagem telespectadores do jogo entre São Caetano e Ituano foram obrigados a ouvir da equipe de transmissão do SporTV, na noite desta quarta-feira.

Quiseram enfiar goela abaixo que esse foi um bom jogo.

A comentarista teve a ousadia de citar que o São Caetano foi um time de personalidade durante o segundo tempo.

Podem até contra-argumentar que seja falta de ética criticar comentários de parceiro de ofício, mas convenhamos que não dá pra engolir que foi um bom jogo nesta vitória do Ituano por 1 a 0.

Jogo com incontáveis erros de passes, de finalizações e de dribles só ter sido fraco e chato.

Pra se alinhar com a pobreza que se viu em campo, até o gol da vitória do Ituano foi fora de contexto: Fernando Medeiros chutou de bico.

E foi contra esse decadente São Caetano, com apenas três pontos ganhos e flertando com o rebaixamento deste Paulistão, que a Ponte Preta encontrou terrível dificuldade para vencê-lo, semana passada, no Estádio Anacleto Campanella.

Ela só foi salva com gol de Moisés já nos acréscimos: 2 a 1.

VAI MELHORAR?

Após duas terríveis performances nas últimas participações neste Paulistão - contra São Caetano e Inter de Limeira - dá pra apostar fichas de que a Ponte Preta vai melhorar e se reabilitar na noite desta quinta-feira contra o Mirassol, em Campinas?

Depois da pressão de torcedores, em ato de selvageria na derrota para a Inter de Limeira, em última análise o time vai correr mais.

Pode-se esperar mais impetuosidade da boleirada, que certamente deixará o gramado com a camisa ensopada.

Só isso resolve? Claro que não. Isso é o mínimo que se cobra, mas o time precisa de organização desde a saída de bola.

Se ninguém do quarteto defensivo tem aptidão pra qualificá-la, que se dê a incumbência a um volante ou meia com esse perfil.

MIRASSOL

Treinador Eduardo Baptista
Treinador Eduardo Baptista

Após campanhas sem recomendação nos últimos clubes que tem passado, o treinador Eduardo Baptista consegue colocar dinâmica de jogo aceitável no time do Mirassol, em que é comandante.

Na vitória sobre o time alternativo do Palmeiras por 2 a 1 viu-se um Mirassol com equilíbrio entre os seus compartimentos.

Quando atacado, recuo sistemático dos jogadores. De posse de bola, aceitável distribuição para atacar.

Reflexo disso tem sido a recomendável campanha que o coloca na liderança do grupo D, com 14 pontos, superando Guarani com 11 e Santos nove pontos.

Na classificação geral, o Mirassol realiza a quinta melhor campanha, estatística que o credencia a realizar partida em nível de igualdade com a Ponte Preta.

ARIOVALDO IZAC - -
Jornalista esportivo há 35 anos. Trabalhou, como jornalista, nas emissoras de Rádio Brasil, Educadora, Central, Jequitibá e Capital (São Paulo). Nos jornais: Diário do Povo e Jornal de Domingo, ambos de Campinas, e editor de Economia e Opinião do Jornal Todo Dia, de Americana.
Veja perfil completo
Veja todos