Maranhão-MA 2 x 0 Rio Branco-AC - Agora é uma vantagem que dá para animar na Série D

Este resultado deixou o MAC com a vantagem do empate no segundo jogo que vai ser disputado no Florestão

Este resultado deixou o MAC com a vantagem do empate no segundo jogo que vai ser disputado no Florestão

Por: Agência Futebol Interior, 09/07/2017

0002050252906 img

São Luis, MA, 9 (AFI) – Longe de ter uma grande atuação, o Maranhão fez o suficiente para vencer o Rio Branco-AC, por 2 a 0, neste domingo à tarde, no Estádio Castelão, em São Luis, na capital do Maranhão. Este resultado deixou o MAC com boa vantagem no segundo jogo, podendo perder até por 1 a 0. Se o time acreano vencer por 2 a 0 na volta, dai a definição da vaga será através dos pênaltis. Mas se vencer por três ou mais gols de diferença, fica com a vaga na terceira fase.

0002050252906 img

O jogo de volta vai acontecer no próximo domingo, às 19 horas, no Castelão, na capital do Acre. Lá o Rio Branco é considerado imbatível. Quem passar nesta fase vai enfrentar Altos, do Piauí, ou Santos, do Amapá. eles farão o primeiro jogo nesta segunda-feira à noite.


RÁDIO MIRANTE

Este jogo foi acompanhado, ao vivo, pela Rádio Mirante, de São Luis (MA), a mais tradicional da capital maranhense. Narração de Gilson Rodrigues, comentários de Bruno Alves e reportagens de Afonso Diniz. O Maranhão é dirigido por Ruy Scarpino que já dirigiu clubes paulistas como Ituano, Santo André e Guaratinguetá.

COMEÇO TÍMIDO
A expectativa era de que o Maranhão começasse ligado em cima do adversário para vencer e abrir boa vantagem em casa. Mas o que se viu foi o contrário. O Rio Branco, mostrando personalidade, tocava a bola e ia ao ataque.

A melhor chance acreana surgiu aos 33 minutos, numa rápida triangulação e que acabou com a conclusão forte de Araújo. O experiente goleiro Rodrigo Ramos defendeu. O que atrapalhava o MAC era a má atuação do meia Adauto, que errava passes e não fazia a ligação defesa-ataque.

Aos 20 minutos, devido o forte calor, a arbitragem fez a parada técnica para o descanso e hidratação dos jogadores.

Maranhão não jogou bem, mas conseguiu boa vantagem sobre Rio Branco-AC. Foto: Igor Leonardo - Ag.Maranhão Esporte

Maranhão não jogou bem, mas conseguiu boa vantagem sobre Rio Branco-AC. Foto: Igor Leonardo – Ag.Maranhão Esporte

AS CHANCES
Mesmo assim, o time da casa teve duas chances boas nos pés de Marciano. A primeira aos 35 minutos, quando o goleiro Omar largou uma bola e Marciano, sozinho, não esperava e chutou para fora. A jogada começou numa cobrança de lateral de Chico Bala, com força, em direção à grande área.

No minuto seguinte, Marciano apareceu em condições de finalizar, porém, foi bloqueado pela saída do goleiro Omar, que desta vez sair bem e fez a defesa.

Quando chegou com segurança, o Maranhão abriu o placar. Michel arrancou pelo lado direito e fez o cruzamento lá do fundo. Marciano chegou chutando bem no canto, abrindo o placar.

O novato Maranhão - MAC - está perto de fazer história na Série D. Foto: Igor Leonardo - Maranhão Esporte

O novato Maranhão – MAC – está perto de fazer história na Série D. Foto: Igor Leonardo – Maranhão Esporte

MUDANÇAS NA VOLTA
Os dois times voltaram mudados na segunda etapa. O Rio Branco com duas alterações. Saiu o meia Ancelmo, de boa qualidade técnica, para a entrada de Matheus. E o lateral Carlos Alexandre saiu para a entrada de Sandro.

Do lado maranhense, Éder Guerreiro entrou no lugar de Eloir. Logo aos cinco minutos, Marciano sentiu uma lesão e foi substituído por Jonas Piu-Piu. Depois tirou o atacante Giuliard para a entrada de Naôh. As mudanças erradas de Ruy Scarpino deixaram o MAC sem força em campo.

APERTO NO FINAL
Na frente no placar, o Maranhão voltou mais cauteloso. Na expectativa de que o visitante viesse para cima em busca do empate.O Rio Branco não conseguia as penetrações, por isso arriscava de longe. Mas ou chutou para fora ou foi barrado pelas boas defesas do goleiro Rodrigo Ramos. Os últimos minutos foram de pressão acreana.

Num contra ataque saiu o segundo gol. Naôh invadiu a área em velocidade e na tentativa de passar pelo goleiro Omar, acabou sendo atropelado. Pênalti. O próprio Naôh cobrou bem e fez 2 a 0.