LIGA DOS CAMPEÕES: City elimina Copenhague, mantém campanha perfeita e avança às quartas

Ingleses não encontraram dificuldades para vencer o adversário; time de Guardiola aguarda quem vai enfrentar na próxima fase

Citizens venceram todos os adversários até aqui na atual edição da competição internacional

Captura de tela 2024 03 06 192329
Foto: Divulgação/Manchester City

Rio de Janeiro, RJ, 06 – O Manchester City continua muito bem em sua campanha pelo bicampeonato da Liga dos Campeões. Nesta quarta-feira, após início arrasador e dois gols em apenas oito minutos, repetiu o triunfo por 3 a 1 sobre o Copenhague, desta vez no Etihad Stadium, na Inglaterra, e chega às quartas de final com 100% de aproveitamento após oito partidas.

A partir das quartas de final, agendadas para as semanas de 9 e 17 de abril, todos os classificados poderão se enfrentar, o que promete grandes confrontos. Além do City, já estão garantidos Paris Saint-Germain, Bayern de Munique e Real Madrid. O sorteio ocorre no dia 15 de março.

Pep Guardiola negou na terça-feira que estivesse pensando no duelo com o Liverpool, que pode decidir a disputa pelo título do Campeonato Inglês no domingo. Pregou total respeito ao Copenhague e prometeu escalação forte. Com elenco estrelado, isso não seria difícil. Mas descansou importantes peças titulares no Etihad Stadium.

Com vantagem de 3 a 1 do jogo de ida e somente vitórias na atual edição, o Manchester City entrou em campo sem Nathan Aké, Bernardo Silva, Kevin De Bruyne e Phil Foden, todos poupados, no banco de reservas. As ‘ausências’ não foram sentidas.

Com início arrasador, o City precisou de somente oito minutos para garantir sua vaga às quartas de final ao ampliar o agregado para 5 a 1. Julian Álvarez foi o destaque dos primeiros gols ao cobrar escanteio para Akanji acertar belo voleio aos quatro e depois anotar em bola mal afastada pela defesa. O argentino bateu e contou com falha de Grabara para anotar o segundo.

A postura inglesa seguiu a mesma, de pressão total e sempre buscando novas bolas nas redes. Mas o bravo oponente é quem diminuiu em bela jogada de contra-ataque. Elyounoussi atravessou o campo em velocidade, tabelou com Oskarsson, que devolveu de calcanhar, e bateu no canto de Ederson para bela festa dos 3 mil dinamarqueses no estádio.

Com média de três gols por jogo na atual Liga dos Campeões, o City manteve os impressionantes números ainda na etapa inicial. No último lance, Haaland recebeu lançamento longo de Rodri, dominou com estilo e bateu cruzado para fazer 3 a 1.

O segundo tempo foi mais de administração do City, que tentou valorizar a posse de bola. Ciente que a campanha história na Liga dos Campeões terminaria nesta quarta, o Copenhague ainda tentou diminuir a desvantagem e obrigou Ederson a grande defesa.

Guardiola começou a poupar seu elenco e sacou Rubén Diaz e Rodri, que está voltando de problemas físicos. Já Matheus Nunes saiu após sofrer uma pancada e ter de receber atendimento. Nada, contudo, de colocar as principais estrelas poupadas justamente para encarar o Liverpool. Nos acréscimos, Rico Lewis ainda carimbou o travessão, na última emoção do jogo.

FINALIZADO
logo atletico madrid 1024
Atlético de Madrid
2 1
inter
Internazionale
FINALIZADO
unnamed file 335
Barcelona
3 1
napoli
Napoli
FINALIZADO
Bayern de Munique
Bayern de Munique
3 0
unnamed file 414
Lazio
FINALIZADO
real
Real Madrid
1 1
RB Leipzig
RB Leipzig
FINALIZADO
unnamed file 794
Manchester City
3 1
unnamed file 425
Copenhague
FINALIZADO
unnamed file 615
Borussia Dortmund
2 0
unnamed file 763
PSV Eindhoven
FINALIZADO
unnamed file 784
Real Sociedad
1 2
unnamed file 367
PSG
FINALIZADO
unnamed file 810
Arsenal
1 0
ffs removebg preview
Porto

Confira também: