Luto! Morre um dos maiores ídolos do Ferroviário-CE, com passagens pela Europa, Vasco e Sport

Trata-se de Francisco Nunes Rodrigues, o Pacoti. O atacante marcou história no Ferrão no início dos anos 50 e final dos anos 60

Ainda brilhou no Sport sendo artilheiro do Pernambucano, antes de ir para o Vasco e jogar três temporadas no Sporting de Lisboa

Categorias: Futebol Brasil

Por: Agência Futebol Interior, 18/11/2021

pacoti
Pacoti morreu aos 87 anos - Foto: Reprodução

Fortaleza, CE, 18 (AFI) – Nesta madrugada de quinta-feira, morreu o ex-jogador Francisco Nunes Rodrigues, o Pacoti. Ele tinha 87 anos e deixa sua esposa. O jogador foi um dos grande ídolos da história do Ferroviário-CE, onde atuou entre 1955 e 1957; No final da carreira, em 1967, retornou ao clube para e pendurou as chuteiras.

Natural de Quixadá-CE, nasceu no dia 28 de dezembro de 1933. Começou a carreira no Bangu de Quixadá-CE (1952/53). Depois, passou pelo Nacional de Fortaleza-CE (1954), quando se transferiu para o Ferrão.

MAIS DA CARREIRA

Na sequência, foi para o Sport e se tornou artilheiro do Campeonato Pernambucano. Com o destaque, chamou a atenção do Vasco e foi para o clube carioca, onde jogou de 1958, até 1959. Chegou a atuar na Portuguesa Santista durante um ano, em 1960.

PASSAGEM NA EUROPA E NA AMÉRICA

No início dos anos 60, jogou no Sporting de Lisboa por três temporadas: 1961/62/63, até ser transferido para o Olaria, do Rio de Janeiro, em 1964. Antes de retornar para casa, no Ferroviário, jogou no Valência da Venezuela em 1965/66.

PÓS FUTEBOL

O goleador nunca se distanciou do futebol, principalmente do Ferroviário, onde marcou presença em vários jogos e nas diversas homenagens feitas pelo clube.

CONFIRA PUBLICAÇÃO DO FERROVIÁRIO

Confira também: