Liga dos Campeões: Torcida do Real Madrid lota ruas e vira madrugada

Em meio a muitas comemorações quando o capitão Marcelo ergueu a taça, a torcida espanhola também lembrou de cantar provocações ao atacante Kilian Mbappé

Categorias: Futebol Mundo

Por: Agência Estado, 29/05/2022

torcida do Real Madrid festeja
Torcida do Real Madrid na final (Foto: Reprodução / Twitter)

Campinas, SP, 29 – Alguns milhares de torcedores do Real Madrid iniciaram o dia de domingo celebrando o 14º título da Liga dos Campeões nas ruas da capital da Espanha. A comemorações da conquista começaram no sábado e muitos torcedores viraram a madrugada celebrando. Uma grande recepção está planejada para os jogadores nesta tarde.

Os fãs madridistas lotaram as ruas e se juntaram em um dos locais mais marcantes da capital e no tradicional ponto de celebrações da torcida, a Praça de Cibeles, que fica na junção dos bairros Centro, Retiro e Salamanca.

MUITA FESTA

Muitos dos torcedores nas ruas estiveram entre os 55 mil que assistiram à final diretamente do estádio Santiago Bernabéu, onde foi colocado um telão no meio do campo para transmitir o jogo.

O Real Madrid venceu o Liverpool por 1 a 0, em um jogo apertado, decidido por um gol do atacante brasileiro Vinícius Júnior. Em meio a muitas comemorações quando o capitão Marcelo ergueu a taça, a torcida espanhola também lembrou de cantar provocações ao atacante Kilian Mbappé, que recusou mais uma proposta do time para seguir no PSG.

NOVA CELEBRAÇÃO

Uma nova festa com presença dos jogadores deverá começar em Madri por volta das 13h15 deste domingo. A tradicional parada na Puerta del Sol deve começar logo depois, às 14h. O time deverá chegar à Praça de Cibeles às 14h45 e as celebrações serão encerradas com uma festa no Santiago Bernabéu, às 15h30.

Marcelo deverá colocar uma bandeira de Madri e um cachecol na famosa estátua da deusa Cibeles, que fica na praça. Uma festa parecida, com fogos e confetes, já havia tomado o local há cerca de um mês, quando o time faturou seu 35º título espanhol.

Um total de 105 pessoas foram presas no sábado, quando houve confusão na entrada do estádio onde ocorreu a final em Paris. 39 delas foram mantidas sob custódia policial na noite de sábado. O início do confronto precisou ser adiado em cerca de 30 minutos por conta das confusões.

Confira também: