Galo vai ser bicampeão da Copa do Brasil. Furacão é muito inferior !

Ficou patente a diferença incrível entre os dois times. Agora é só confirmar o título em Curitiba

No Mineirão, Galo deitou e rolou em cima do assustado Furacão, que ficou no grande prejuízo com os 4 a 0

Categorias: Colunas

Por: SÉRGIO CARVALHO - -, 13/12/2021

Keno Atletico MG 2021 1 e1639446628528

Campinas, SP, 13 (AFI) – Na noite de quarta- feira, dia 15 de dezembro, a partir das 21h30, em Curitiba, Atlético Mineiro e Athletico Paranaense entram em campo pela segunda vez para decidir o título da Copa do Brasil 2021. No jogo de ida, disputado domingo passado, o Galo mineiro deitou e rolou em cima do assustado Furacão do Paraná.

Foi um show de bola e uma goleada histórica do atual campeão brasileiro contra o atual campeão da Copa Sul-Americana. Ficou patente a diferença incrível entre os dois times. Do goleiro ao ponta esquerda, como dizem, o Galo de Minas provou que é muitas vezes superior ao seu adversário.

Até no banco de reserva há diferença. Alberto Valentim, técnico do Athletico, até é um bom treinador, mas não tem a bagagem de Cuca, que dirige hoje o Galo mineiro. Em razão disso, acredito que neste segundo jogo entre estas duas equipes, vai dar Atlético de Minas, mais uma vez. Talvez não por goleada, mas a vitória me parece muito mais perto do time de Cuca do que da equipe dirigida por Valentim.



UM MASSACRE

Atletico MG Athletico PR CopadoBrasil 2021 e1639437652125
Vargas comemora um dos gols do Galo no segundo tempo

No jogo disputado no domingo passado foi um massacre. Nunca numa final da Copa do Brasil a diferença técnica e tática de um time sobre o outro foi tão alarmante. O Atlético de Minas passeou em campo. Fez seus gols, criou outras situações para marcar e teve o domínio técnico e territorial durante os pouco mais de noventa minutos do jogo disputado no Mineirão.


Neste jogo, quando Hulk recebia a bola o estádio se punha de pé para gritar seu nome. Ele desequilibrou. E quando o centro- avante titular do Galo (Diego Costa) se machucou, imaginou-se que o Atlético de Minas perderia sua força ofensiva. Não foi o que aconteceu.

O chileno Vargas, que entrou no seu lugar, além de marcar mais dois gols, fez outras jogadas de alto nível e também se transformou num dos destaques da partida. Aliás, o Galo de Minas brilhou em todos os seus setores, enquanto o Furacão de Minas quase não conseguiu atacar e cometeu erros graves em seu sistema defensivo. 

ATRÁS DO 3º TROFÉU

Se vencer a Copa do Brasil, o Atlético Mineiro será o nono clube brasileiro a ganhar três troféus numa só temporada. Ele já faturou até agora o Campeonato Mineiro e o Brasileirão. Se ganhar também a Copa do Brasil chegará ao seu terceiro título em 2021.

Uma prova de fase fantástica que atravessa e que promete ainda lhe trazer muitos títulos na próxima temporada, porque, neste momento, é mesmo o melhor time de futebol do País.

Já o Athletico Paranaense cumpriu bem sua missão enquanto pôde. Ganhou a Copa Sul-Americana contra o Bragantino, foi bem no campeonato estadual e deve chegar agora como vice da Copa do Brasil.

Nada mal para o clube que até outro dia era considerado do grupo mediano do futebol de nosso País. Hoje, na verdade, devemos considerar o Furacão do Paraná como uma das cinco maiores forças do futebol do Brasil.

Com a vantagem de ter um elenco de bom nível, ter suas dívidas sob controle absoluto e de ter um estádio de fazer inveja na capital paranaense.

Confira também: