Mesmo confiante, goleiro do Vasco prevê "partida agustiante"

O Gigante da Colina depende apenas de si para escapar do rebaixamento no Brasileirão

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 30 - O Vasco joga sua permanência na elite do Campeonato Brasileiro neste domingo, quando encara o Ceará no Castelão, pela última rodada. O time carioca depende apenas de si para manter-se na Série A e o goleiro Fernando Miguel mostrou otimismo, mas admitiu esperar um duelo "angustiante".

"Vai ser uma partida angustiante para todos nós por toda tensão que envolve. A briga contra o rebaixamento é uma briga difícil, complicada, mas garanto ao torcedor que vamos nos entregar e dar o nosso melhor para que a gente conquiste nosso objetivo ao término dos 90 minutos", declarou ao site oficial do clube nesta sexta-feira.

O goleiro Fernando Miguel espera uma partida angustiante diante do Ceará neste domingo
O goleiro Fernando Miguel espera uma partida angustiante diante do Ceará neste domingo

NÃO SERÁ FÁCIL
No fim de semana, o Vasco enfrentará um Ceará já livre do rebaixamento, mas que ainda busca uma vaga na Copa Sul-Americana. Se a pressão da torcida e a urgência do adversário não devem ser a mesma que aconteceriam se ainda estivesse na luta contra a degola, ninguém no time carioca espera facilidade.

"Sabemos do momento que o Ceará está vivendo. Eles estão livres do rebaixamento, mas possuem a intenção de conquistar uma vaga para a Sul-Americana, assim como a gente também tem. O Vasco já jogou com estádios lotados, sofreu grandes pressões, então estamos preparados para o que iremos encontrar no Castelão. Temos a consciência da camisa que vestimos e da enorme responsabilidade que carregamos", apontou.

ÚLTIMA CHANCE
Com 42 pontos, o Vasco é o 15.º colocado, enquanto o América-MG abre a zona de rebaixamento com 40 pontos. Para seguir na elite sem depender de outros resultados, o time carioca terá que vencer pela primeira vez fora do Rio neste Brasileirão.

"O espírito será o mesmo de todas as partidas que fizemos nesse final de temporada. Temos procurado nos concentrar ainda mais para aquilo que a partida vai pedir. É a última chance que nós temos de fazer com que o Vasco esteja entre os grandes, onde é o seu lugar, no ano que vem", comentou Fernando Miguel.

 
 
" />