Após cair no Paulistão, Zé Carlos deixa Santo André e acerta com Concórdia

No ano passado, o arqueiro foi campeão da Série B do Catarinense pelo Galo e agora tem a missão de livrar o time do rebaixamento

por Agência Futebol Interior

Santo André, SP, 13 (AFI) - A reformulação no Santo André após o rebaixamento no Campeonato Paulista começou. Nesta terça-feira, o clube anunciou a saída do experiente goleiro Zé Carlos, que já acertou sua transferência para o Concórdia visando a reta final do Campeonato Catarinense.

"Tenho muito carinho pelo Santo André, aqui pude conquistar um título e atuar em duas temporadas em uma camisa tão importante do futebol brasileiro. Espero de coração que a equipe se reerga, pois os profissionais que estão aqui são competentes e tenho certeza que trarão o time de volta", disse o goleiro.

O goleiro Zé Carlos se desligou do Santo André para defender o Concórdia no Catarinense
O goleiro Zé Carlos se desligou do Santo André para defender o Concórdia no Catarinense
Essa não é a primeira vez que Zé Carlos vai vestir a camisa do Concórdia. No ano passado, o goleiro foi um dos principais responsáveis pelo título da Série B do Catarinense, sendo eleito, inclusive, o melhor jogador da posição. Nesta temporada, a missão é outra: livrar o Galo do rebaixamento.

Com apenas 11 pontos em 13 jogos - três vitórias, dois empates e oito derrotas -, o Concórdia amarga a lanterna do estadual e tem cinco rodadas para passar dois adversários na tabela de classificação. A briga contra a degola está embolada e tem Brusque (6º colocado, com 16), Criciúma (7º, com 13), Hercílio Luz (8º, com 13) e Inter de Lages (9º, com 12).

Para estrear já neste domingo, quando o Concórdia enfrenta o Avaí, Zé Carlos precisa que seu nome seja publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

 
 
" />