Libertadores: Scocco volta a sentir lesão e desfalca o River contra o Boca na grande final

A ausência de Scocco é ainda mais sentida porque Gallardo já não poderá contar com Borré, titular no jogo de ida, que está suspenso

por Agência Estado

São Paulo, SP, 21 - O técnico Marcelo Gallardo terá um importante desfalque para escalar o River Plate diante do Boca Juniors, na histórica final da Libertadores. Lesionado, o atacante Ignacio Scocco está fora do segundo jogo da decisão, que acontecerá neste sábado, no Monumental de Núnez.

Ex-Internacional, Scocco está há quase 20 dias afastado do futebol, desde a derrota por 1 a 0 para o Estudiantes, pelo Campeonato Argentino, graças a uma contratura na panturrilha direita. Ele foi desfalque no confronto de ida, em La Bombonera, onde o River conseguiu arrancar um empate por 2 a 2.

No último sábado, porém, Scocco voltou a treinar e parecia que se tornaria uma alternativa para Gallardo escalar o time. Mas, nesta quarta-feira, o clube explicou que o jogador foi diagnosticado novamente com uma lesão muscular na panturrilha, que o tirará de ação por tempo indeterminado.

Scocco volta a sentir lesão e desfalca o River contra o Boca na grande final
Scocco volta a sentir lesão e desfalca o River contra o Boca na grande final

A ausência de Scocco é ainda mais sentida porque Gallardo já não poderá contar com Borré, titular no jogo de ida, que está suspenso. Desta forma, Rodrigo Mora é a única alternativa para o treinador se ele quiser manter o esquema com dois atacantes de ofício.

São três, aliás, as possibilidades de Gallardo para escalar o River, segundo o treinamento desta quarta. Ele pode manter o esquema mais defensivo utilizado na ida, com três zagueiros. Neste caso, Martínez Quarta seguiria na zaga, Nacho Fernández entraria no meio de campo e Pity Martínez seria adiantado para o ataque.

Gallardo, no entanto, pode voltar ao 4-4-2 que vinha utilizando, com Mora ao lado de Lucas Pratto no ataque, Martínez e Fernández no meio de campo e Quarta no banco. A última opção é o 4-5-1 que o River usou durante boa parte da temporada. Neste caso, Enzo Pérez ganharia uma vaga no meio e Mora ficaria de fora.