Coronavírus cresce, e Ponte coloca Paineiras à disposição da Prefeitura de Campinas

Estrutura da Macaca dispõe de um Ginásio de Esportes, vestiários, banheiros e salão social

por Lucas Rossafa

Campinas, SP, 20 (AFI) - Enquanto pandemia do coronavírus avança em Campinas - com quatro casos confirmados - e já causa transtornos à população, a diretoria da Ponte Preta disponibilizou a Unidade Paineiras à Prefeitura Municipal.

A ideia da Macaca é que as instalações possam ser utilizadas para as necessidades decorrentes da doença na cidade. O espaço dispõe de um Ginásio de Esportes, vestiários, banheiros e salão social.

"Este é um momento em que todos devem ajudar como podem. Entendemos que a Ponte Preta deve fazer a parte dela. Em algum momento, a demanda pelos serviços médicos será maior que a oferta e locais como este serão necessários. O que a Ponte puder fazer pela sociedade neste momento será feito", comentou o presidente Sebiastião Arcanjo.

Ponte coloca Paineiras à disposição da Prefeitura de Campinas
Ponte coloca Paineiras à disposição da Prefeitura de Campinas
"Nós conversamos com nosso diretor médico, Roberto Nishimura. Ele entende que o Paineiras pode ser utilizado para exames, apoio e qualquer necessidade da equipes de emergência ou sanitárias, caso considerem adequada", emendou o cartola.

ESPECIALISTA

Roberto Nishimura, Diretor Médico da Ponte Preta, levou a proposta adiante, com boa recepção por parte do Executivo.

O profissional integra grupo coordenado pela Secretaria de Saúde para debater e disseminar ações sobre o combate ao coronavírus.

"Assim que a ideia de oferecer nossa estrutura foi aventada, ela foi prontamente aceita na pessoa do médico Rodrigo Angerami, da Vigilância Epidemiologia. A minha intenção é ir para a linha de frente como médico voluntário", conta Nishimura.

"Em momentos como este, precisamos sempre fazer nosso melhor. E, aliás, a população também pode fazer a parte dela: ficando em casa, promovendo o isolamento social e obedecendo as regras médicas que estão sendo colocadas pelas autoridades", completa.

EM CAMPO

Por pandemia do coronavírus, a Ponte Preta liberou o elenco por duas semanas a partir da última terça-feira.

Clube campineiro enviou uma cartilha de treinamento aos jogadores para manter a forma física longe do Estádio Moisés Lucarelli.