Paraense: De olho na base, Paysandu garante mais cinco jogadores para 2020

Yure e Bruce tiveram seus vínculos estendidos enquanto Kerve, Flávio e Marco Antônio assinaram seus primeiros contratos profissionais

por Agência Futebol Interior

Belém, PA, 06 (AFI) – Mesmo que tenha a final da Copa Verde nesta temporada, o Paysandu também precisa pensar na próxima temporada. A diretoria do Papão mostrou que segue de olho nas categorias de base, pois renovou com dois jogadores que estão integrados ao elenco profissional desde o início da temporada e promoveu outros três.

O volante Yure e o atacante Bruce são os dois que já estavam com o elenco em 2019 e tiveram seus vínculos estendidos. Os outros três são o zagueiro Kerve e os atacantes Flávio e Marco Antônio, que já treinam sob o comando do técnico Hélio dos Anjos desde a reapresentação do grupo, em outubro, e assinaram seus primeiros contratos profissionais.

“Acho que é um ano de aprendizado para mim, estou aprendendo muito no dia a dia e buscando evoluir. Joguei pouco tempo, mas pude aproveitar ao máximo e espero ter mais oportunidades. Vou trabalhar forte para o ano que vem”, disse Bruce.

Foto: Agência Paysandu
Foto: Agência Paysandu
MAIS NOMES

Os zagueiros Perema e Micael, o lateral-esquerdo Bruno Collaço e os atacantes Nicolas e Vinícius Leite também já haviam acertado com o clube vão vestir a camisa bicolor ano que vem, assim como os goleiros Afonso e Paulo Ricardo, o lateral-esquerdo Diego Matos, o volante Willyam, o meio-campista Tiago Luis e o atacante Aslen Keven, que já tinham contrato para a próxima temporada.

PLANEJAMENTO

"É uma satisfação ver que aquilo que foi planejado está sendo executado. Desde o início da montagem do elenco para esta temporada, foi dito que nós daríamos uma atenção especial às categorias de base e isso se concretizou, de fato. Nesse momento, para o início da próxima temporada, nós estamos falando de dez atletas oriundos das categorias de base do Paysandu que irão estar no elenco profissional em 2020”, explicou o diretor de futebol do Papão, Felipe Albuquerque.