Árbitro explica expulsão de quarteto do Paysandu e revela xingamentos e pisão no pé

O Papão segue de cabeça quente mesmo depois da eliminação da Série C para o Náutico

por Agência Futebol Interior

Belém, PA, 12 (AFI) - O Paysandu não tem conseguido fugir da polêmica nesse mês de setembro. Além de tentar a impugnação no duelo contra o Náutico, que valeu ao Alvirrubro o acesso à Segunda Divisão nacional, o Papão se meteu em uma confusão no empate contra o Bragantino-PA, pela quartas de final da Copa Verde. O clube teve quatro jogadores expulsos.

O árbitro Rodrigo da Fonseca Silva explicou, em súmula, o que o levou a expulsão quatro atletas do Paysandu. Em muitos casos, o juiz revelou vários tipos de xingamentos, desde de safado, até ladrão e palhaço. Ele ainda afirmou ter recebido um pisão do Wellington Reis. A polícia ainda precisou ser chamada para intervir uma confusão ainda maior.

Hélio dos Anjos terá dor de cabeça para controlar o time do Paysandu - Paysandu
Hélio dos Anjos terá dor de cabeça para controlar o time do Paysandu
"Após o termino da partida expulsei diretamente o jogador n° 25 Wellington Rodrigues dos Reis, por ir em direção ao árbitro de maneira grosseira e ofensiva empregando as seguintes palavras: " você é um safado, prejudicou minha equipe, vagabundo" repetindo a frase próximo ao árbitro e pisando no pé do árbitro, tendo que ser afastado pelo policiamento", escreveu em súmula.

Com isso, os jogadores devem ser julgados, correndo um risco de pegarem uma punição ainda maior pelos incidentes. A certeza é que ficarão de fora do jogo de volta, marcado para quarta-feira, às 15h30, no Diogão.