Dado Cavalcanti comemora mais uma final no Paysandu, agora, pela Copa Verde

Papão voltou a bater o Manaus e, agora, espera por Atlético Itapemirim ou o atual campeão Luverdense

por Agência Futebol Interior

Belém, PA, 12 (AFI) - O Paysandu atingiu mais um objetivo na Copa Verde. O time do técnico Dado Cavalcanti (foto) voltou a vencer o Manaus, por 2 a 1, desta vez, na Arena da Amazônia, e se garantiu na final do torneio regional. Na ida, o Papão já havia feito o mesmo placar em Belém. O treinador valorizou o fato do Paysandu decidir mais um campeonato. No último domingo, o Bicolor foi vice-campeão paraense.

"Foi bacana ter vencido, não só classificado. O gol do Magno no final nos trouxe a vitória. É sempre importante vencer e agora pensar na nossa estreia na Série B. É apenas um afago para o nosso torcedor. A perda (do Estadual) é significativa e ela não volta atrás. Mas a classificação para a final também é importante. Vamos voltar a disputar uma final. Time grande, Paysandu é sempre assim. Não é fácil disputar duas finais em tão pouco tempo. Fizemos um jogo tático, um jogo duro, mas foi importante vencer e classificar", disse ele em entrevista coletiva.

O Paysandu disputará sua quarta final de Copa Verde, sendo a terceira consecutiva. Apenas uma vez, em cinco edições do torneio, o Papão não chegou à final. Foi em 2015. O clube paraense ostenta um título. O adversário da decisão de 20018 sairá do confronto entre Atlético Itapemirim e o atual campeão Luverdense. Na ida, em Lucas do Rio Verde, o Galo surpreendeu e venceu o LEC, por 1 a 0. A decisão será em Cariacica.

Antes da final, porém, o Paysandu volta suas atenções para a estreia na Série B do Brasileirão. O primeiro jogo acontecerá já neste sábado, às 21 horas, contra a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli, em Campinas. O Papão deixará Manaus nesta tarde e rumará direto para São Paulo.