Seleção FI da Série A3 vem com três zagueiros decisivos na 12ª rodada

Atacantes se destacaram pouco graças a boa presença de defensores neste final de semana

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 20 (AFI) - A 12ª rodada do Campeonato Paulista da Série A3 pode ser chamada de "a rodada dos zagueiros". Além de segurarem bem os atacantes adversários, os defensores foram artilheiros, muitos ajudam os seus times a conquistarem pontos importantes para a classificação.

Diante do fato, não tinha como a Seleção Futebol Interior da Série A3 vir diferente. O esquema é defensivo, com três zagueiros, todos autores de gols neste final de semana. Além disso, há também jogadores experientes, como Renato Peixe, do São José F.C.

No comando, o jovem Alex Alves. Ídolo de várias torcidas nos tempos de atacante, o treinador vai fazendo um bom trabalho no Nacional e garantiu a entrada no G8 nesta rodada.

Confira os selecionados para a Seleção FI da 12ª rodada da Série A3:

Goleiro: Igor Castro (Olímpia)
Mais uma vez o goleiro olimpiense foi decisivo, com suas defesas difíceis, garantiu a vitória do Galo Azul em um confronto equilibrado com a tradicional equipe do Noroeste, deixando o Olímpia na liderança isolada do Campeonato Paulista Serie A3.

Zagueiro: Juan (Catanduvense)
O nome de craque foi encarnado pelo defensor do Catanduvense.Ciente de que seu time precisava demonstrar vontade, o jogador foi raçudo e fez um dos gols do Bruxo no empate por 2 a 2 contra o Flamengo. Os desarmes também foram precisos.

Zagueiro: Gut (Paulista)
A partida entre Paulista e Independente foi encarada como um confronto de seis pontos e quem venceu foram os donos da casa. Isso só foi possível graças a um gol de cabeça feito por Gut. Mais do que o tento, o jogador foi muito bem pelo alto, evitando as jogadas de cruzamento do adversário.

Zagueiro: Miranda (Rio Branco)
Foi o grande herói da rodada da Série A3. Com um gol de cabeça aos 49 minutos, o defensor garantiu a vitória do Rio Branco por 1 a 0 sobre o São Carlos. Os três pontos deixaram o treinador Edson Vieira aliviado para pensar apenas na classificação, deixando o rebaixamento um pouco mais de lado.

Lateral direito: Ronaldo (Comercial)
Com muita velocidade, o lateral foi a principal “via de escape” do Comercial no empate por1 a 1 fora de casa, contra a Inter de Limeira. Assim que recuperava a bola, Ronaldo já procurava um companheiro para tabelar e levar o seu time ao ataque.

Volante: Jonatas (Noroeste)
O Noroeste perdeu por 1 a 0 para o líder Olímpia neste final de semana, mas poderia ter sido pior não fosse a boa atuação de Jonatas. O volante marcou com eficiência e praticamente evitou que a bola chegasse até a área do Norusca.

Meia: Danilo Medeiros (Monte Azul)
Atuando como um típico terceiro homem do meio-campo, Danilo Medeiros foi o “motorzinho” do Monte Azul na importante vitória por 2 a 0 sobre a Portuguesa Santista. Mais do que ser o autor do segundo gol, o jogador marcou bem o lado direito da Briosa e puxou os contra-ataques, participando das principais jogadas ofensivas.

Renato Peixe: a experiência do São José F.C. (Tião Martins)
Renato Peixe: a experiência do São José F.C. (Tião Martins)
Meia: Renato Peixe (São José F.C.)
O capitão do Tigre mais uma vez foi importante na partida. Organizou o time defensivamente e ofensivamente, sempre com passes precisos. O jogador experiente conseguiu fazer o gol que evitou a derrota do São José F.C. dentro de casa, em cobrança de pênalti aos 47 minutos do segundo tempo, garantindo o time fora do Z6 e na briga do G8.

Lateral esquerdo: Franklin (Atibaia)
O lateral de 24 anos demonstrou uma postura defensiva espetacular. Praticamente não perdeu uma dividida e ainda tentou empurrar o Falcão nos contra-ataques. O técnico Léo Silvério resolveu investir em Franklin no time titular e não se arrepende pela postura que o atleta vem tendo nas partidas.

Atacante: Wesley (Inter de Limeira)
Não fosse a insistência de Wesley, dificilmente a Inter de Limeira teria conseguindo um importante ponto dentro de casa neste sábado. Diante do embalado Comercial, o Leão foi muito pressionado, mas abriu o placar graças a um belo gol de seu atacante. Ele ainda foi responsável por puxar os contra-ataques.

Atacante: Danilo Pereira (Flamengo)
O Corvo tinha um jogo teoricamente fácil neste domingo, mas se complicou sozinho e apenas empatou por 2 a 2 com o Catanduvense, lanterna da Série A3. O resultado poderia ser ainda pior não fosse um gol salvador de Danilo Pereira aos 17 do segundo tempo. O atacante ainda tentou mais duas vezes até o final da partida, mas não obteve sucesso.

Alex Alves vai caindo nas graças do torcedor do Naça (Tércio Nurnemberg/Nacional)
Alex Alves vai caindo nas graças do torcedor do Naça (Tércio Nurnemberg/Nacional)

Técnico: Alex Alves (Nacional)
Ídolo no Juventus e na Portuguesa pelo o que fez nos tempos de jogador, Alex Alves vai, aos poucos, também caindo na graça dos torcedores do Nacional. Neste final de semana, o agora treinador foi muito ousado e, taticamente, conseguiu uma importante vitória sobre o Marília no estádio Nicolau Alayon.

Mais do que uma postura de calma e tranquilidade, o Naça demonstrou muita obediência defensiva e ofensiva e, assim, conquistou os três pontos que o deixaram na quinta colocação da Série A3.

aaa