Mirassol 6 x 2 Palmeiras - Seis outra vez, Verdão?

O Leão quebra uma série de cinco partidas sem vitória e se afasta do Z4

por Oscar Silva

Mirassol, SP, 27 (AFI) – O Mirassol deu um verdadeiro baile no Palmeiras na noite desta quarta-feira, em Mirassol, pela 15ª rodada do Campeonato Paulista. Apoiado por sua torcida, o Leão goleou o Verdão por 6 a 2, em partida que todos os gols saíram na primeira etapa. A derrota coloca em cheque a permanência de Gilson Kleina no comando do Alviverde, já que tem que conviver com a sombra de Dorival Júnior, atualmente sem clube.

A partida fez os torcedores do Palmeiras se recordarem da goleada sofrida por 6 a 0 diante do Coritiba, na época, o Verdão foi eliminado da Copa do Brasil. Desta vez, a derrota não trará prejuízos maiores para a equipe, que já esta praticamente garantido na próxima fase do Paulistão. Porém, o treinador terá que reerguer o time, que na terça-feira fará um jogo importante contra o Tigres, pela Libertadores.

O resultado quebra uma série de cinco partidas sem vitória do Mirassol e faz com que o time se afaste da zona de rebaixamento. Com 15 pontos o Leão está na 13ª posição, a quatro pontos do União Barbarense, primeiro time dentro do Z4. Já o Palmeiras continua no G8. Na sétima posição com 25 pontos, o Verdão estava invicto há onze jogos, mas viu sua série sendo quebrada pelo fantasma dos seis gols.

1,2,3.. 6, vexame Verdão?

O juiz apitou o início do jogo e o Mirassol já fez o primeiro. André Luiz cruzou na area e Marcos Vinícius, que entrou no time na última hora devido a uma indisposição de Maurício Ramos, jogou contra o patrimônio e abriu o placar para a equipe adversária. O Palmeiras foi responder aos sete minutos. Caio chutou cruzado, mas Gustavo fez uma boa defesa.

Em seguida, o Mirassol fez mais dois. Aos nove minutos, Caio recebe lindo passe e chutou forte para fazer o segundo para o Leão. O terceiro também saiu nos pés de Caion. O atacante recebeu livre e tocou por cima do goleiro Fernando Prass, ampliando o marcador. Aos 16, por pouco o quarto não saiu. Camilo chutou forte, fora da area, mas, atento, o arqueiro fez a defesa.

Aos 22 minutos, enfim, o Palmeiras diminuiu. Ronny, que acabara de entrar, cruzou na cabeça de Caio, que desviou para marcar o primeiro do Verdão. A equipe alviverde ainda fez o segundo. Weldinho tocou para Ronny. O meia dominou, girou e tocou no canto esquerdo do goleiro Gustavo, diminuindo o placar.

O Palmeiras foi para cima nos minutos finais e por pouco não empatou. Aos 35 minutos, Caio chutou e Gustavo fez a defesa em dois tempos. Logo em seguida, um balde de água fria no Verdão. Leomir cobrou falta com precisão e ampliou para o Mirassol. Aos 43, foi a vez de Medina marcar. O jogador ganhou disputa de bola com Juninho e encobriu Fernando Prass, fazendo o quinto do Leão.
Nos acréscimos deu tempo do Mirassol fazer mais um. Camilo fez fila na defesa do Palmeiras e tocou para os fundos da rede, marcando o sexto Mirassol ainda na primeira etapa.

Só segurou
Diferentemente da primeira etapa, o segundo tempo começou frio. O Palmeiras, com mais posse de bola, vai tocando a bola no meio de campo, tentando ameaçar o Mirassol. Em uma das oportunidades, Ronny lançou para Wesley, que chutou bonito, mas Gustavo fez a defesa. Em seguida, o Verdão diminuiu com Caio, mas o árbitro marcou falta do atacante.

Aos 22 minutos, aproveitando outra bobeira da zaga do Palmeiras, Leomir chutou forte para Fernando Prass fazer linda defesa. Três minutos depois, Camilo cruzou para Mineiro, que sem goleiro, se atrapalhou e perdeu uma grande chance de fazer o sétimo do Mirassol.

Com a boa vantagem em baixo do braço, o Mirassol pouco fez nesta segunda etapa. Inteligente, o Leão apenas segurou a equipe rival para terminar com os três pontos, através de um resultado histórico. Já o Verdão, mal conseguiu ultrapassar o ferrolho imposto pelo adversário. As melhores chances saíram dos pés de Wesley, mas o meia sempre parava com defesa incríveis do goleiro Gustavo.


Próximos jogos
Na próxima partida, o Palmeiras enfrenta o Linense neste sábado, às 18h30, no Estádio do Pacaembu, em São Paulo. Já o Mirassol enfrenta o Penapolense, no mesmo dia e horário, no Estádio Municipal de Mirassol.

Ficha Técnica

Fase
1.ª fase
Rodada
15ª rodada
Data
27/03/2013
Horário
19h30
Local
Estádio José Maria de Campos Maia - , em Mirassol (SP)
Árbitro
Vinicius Gonçalves Dias Araújo

Renda
R$ 112.836,00
Assistentes
Alexandre Basílio Vasconcellos e Leonardo Schiavo Pedalini

Público
4.159 pagantes
Mirassol
Gustavo;
Pio (Mineiro), Augusto, Gian e Diogo;
Alex Silva, Camilo, Leomir e Thiago Luis (Felipe Lima);
André Luis (Medina) e Caion.
Técnico: Ivan Baitello.
Palmeiras
Fernando Prass;
Weldinho (Ayrton), Marcos Vinícius, André Luiz e Juninho;
Léo Gago (João Denoni), Márcio Araújo, Charles (Ronny) e Wesley;
Leandro e Caio.
Técnico: Gilson Kleina.