Série D: Meia descarta favoritismo e pede Novorizontino "ligado nos 220" por final

Camisa 10 do Tigre, Pereira prega respeito ao Floresta-CE e garante entrega em jogo decisivo

por Agência Futebol Interior

Novo Horizonte, SP, 20 (AFI) - O empate do Novorizontino diante do Floresta-CE em 1 a 1 no confronto de ida da semifinal do Campeonato Brasileiro da Série D, no último sábado, deixou a disputa por uma vaga na decisão da quarta divisão em aberto.

Agora, o Tigre tem a vantagem em fazer a decisão dentro de sua casa, onde tem ótimo aproveitamento na competição. Em dez jogos sob seus domínios, o Novorizontino tem oito vitórias e dois empates. Mesmo assim, o meia Pereira não concorda que haja favoritismo pelo lado dos paulistas.

“Claro que a gente vê muita gente falando que somos favoritos, mas não acho isso. É jogo aberto e a partida de ida mostrou isso. O Floresta tem uma grande equipe, muito bem treinada. Não à toa conquistaram o acesso. É preciso ter respeito máximo com certeza. Está tudo aberto e sabemos que teremos que nos doar muito para chegarmos a grande final da competição”, afirmou.

Pereira, meia do Novorizontino (Foto: Maria Paula Laguna/Novorizontino)
Pereira, meia do Novorizontino (Foto: Maria Paula Laguna/Novorizontino)

LIGADO

Para seguir em busca do primeiro título nacional da história do Novorizontino, Pereira quer o time "ligado nos 220" contra os cearenses.

“Tenho certeza que de novo será um jogo muito estudado, de muito respeito. Temos que entrar ligado nos 220, não tem jeito. É decisão e todos estão de olho no título. Queremos muito essa conquista para o clube e vamos nos doar ao máximo para isso acontecer”, finalizou o jogador.

Novorizontino e Floresta-CE fazem a volta da semifinal no próximo sábado, às 18h, no estádio Jorge Ismael de Biasi. Novo empate leva a decisão para os pênaltis. O vencedor avançar para a final da Série D.