Paulistão: Com ex-Guarani e ex-RB Brasil, Ferroviária contrata dupla de atacantes

Eliandro, que havia se desvinculado do Guarani, e Misael, que jogou pelo Red Bull e estava no Brasil-RS, reforçam a Locomotiva

por Agência Futebol Interior

Araraquara, SP, 15 (AFI) – O elenco da Ferroviária para a disputa do Paulistão segue ganhando forma. Nesta sexta-feira, a Locomotiva anunciou, através de suas redes sociais, a chegada do atacante Eliandro, que já havia acertado que não renovaria com o Guarani, e também do atacante Misael, que estava no Brasil de Pelotas.

Dos novos contratados da Locomotiva, o atacante Eliandro já realizou treinamento na tarde desta sexta-feira em Araraquara, e apareceu com o manto grená. Misael iniciará os trabalhos com o grupo a partir de domingo na cidade de Bragança Paulista onde a equipe comandada por PC de Oliveira fará a sua pré temporada no HWT Sports.

Eliandro dos Santos Gonzaga, de 27 anos, vestiu a camisa do Bugre nas duas últimas temporadas. Neste ano, disputou a Série B do Campeonato Brasileiro e a Série A2 do Paulista, fazendo 31 jogos, com nove gols marcados. Em 2016, Eliandro também defendeu as cores de Bragantino e Batatais.

Eliandro já treinou com a equipe nesta sexta-feira (Foto: Thiago Carvalho/Assessoria Ferroviária)
Eliandro já treinou com a equipe nesta sexta-feira (Foto: Thiago Carvalho/Assessoria Ferroviária)

O jogador foi revelado nas categorias de base do Cruzeiro, tendo passado por Sport, América-MG, ABC, Vila Nova, Ipatinga e Nacional, de Portugal, todos por empréstimo. Após se desvincular do Alviceleste, Eliandro ainda defendeu as cores da Cabofriense-RJ, do Birkirkara, de Malta, e do Zalgiris, da Lituânia, tendo retornado ao país em 2016.

O outro reforço da Ferroviária é o maranhense Misael Silva Jansen, de 30 anos, que jogou a Série B do Brasileirão pelo Brasil de Pelotas neste ano, com 20 jogos e um gol marcado. Em 2016, o jogador também passou pelo futebol paulista, tendo jogado a Série D do Brasileiro e a elite do Paulistão pelo Red Bull Brasil.

Misael começou sua carreira defendendo os rivais Moto Club e depois Sampaio Corrêa, além de ter jogado por Ceará, Vasco, Sport, Atlético Sorocaba, Luverdense, Ituano, Paysandu e Bahia.

(Foto: Thiago Carvalho/Assessoria Ferroviária)
(Foto: Thiago Carvalho/Assessoria Ferroviária)

Espaço incorporado por HTML (embed)

 
 
" />