Copa do Brasil: Léo acredita que Palmeiras pode dar espaço para o Cruzeiro

Para zagueiro da Raposa, o alviverde terá que partir pra cima para construir o resultado jogando em seus dominios

por Agência Estado

Belo Horizonte, MG, 10 - O Cruzeiro inicia o duelo de semifinal da Copa do Brasil diante do Palmeiras nesta quarta-feira, no Allianz Parque. Em casa, o time paulista perdeu apenas quatro vezes no ano, mas o zagueiro Léo confia que os mineiros podem se aproveitar da necessidade do adversário de construir o resultado diante de sua torcida.

"A gente sempre encara cada jogo de uma maneira diferente. Sempre procuramos o resultado, mas cada questão tem seu ponto estratégico. Nós sabemos que o jogo fora de casa tende a ser difícil, mas o adversário as vezes abre mais espaço para explorarmos. É no final de 180 minutos que vale o placar", declarou nesta segunda-feira.

Zagueiro acredita que Palmeiras dará espaço e diz que Cruzeiro tem que aproveitar as chances oferecidas (foto: Divulgação/ Cruzeiro)
Zagueiro acredita que Palmeiras dará espaço e diz que Cruzeiro tem que aproveitar as chances oferecidas (foto: Divulgação/ Cruzeiro)

No sábado, o Cruzeiro ficou no 0 a 0 com o Sport e chegou ao terceiro empate consecutivo no Brasileirão. Se no campeonato a campanha não é das melhores, nos torneios de mata-mata a equipe tem se saído muito melhor.

"Já viramos a chave para quarta-feira, jogo importantíssimo, altamente decisivo. Um jogo de 180 minutos, em que a gente espera também fazer uma boa partida já nos primeiros 90. A equipe do Palmeiras vem se entregando em campo, marcando bastante, mas a gente espera montar uma estratégia boa também, para que possamos sair com um bom resultado de lá", projetou Léo.

Para o confronto, a tendência é que o Cruzeiro tenha a volta de Dedé, que está servindo a seleção brasileira. "A gente tem um elenco forte, de qualidade, com peças importantes. A questão é que em um jogo decisivo, todo jogador é importante, ainda mais uma figura como o Dedé. É importante todos nós estarmos juntos unindo forças", comentou Léo.

 
 
" />