Copa do Mundo: Reserva do gol da França, Areola minimiza críticas a Lloris

"Ele é o capitão do time, é muito importante para o grupo. É um dos jogadores que vão nos salvar e vencer partidas", declarou

por Agência Estado

  • A cobertura da Copa do Mundo é um oferecimento

Campinas, SP, 07 - Considerada uma das favoritas ao título da Copa do Mundo na Rússia, a França chega embalada para o torneio, mas com uma de suas principais peças pressionada. O goleiro Hugo Lloris, capitão da seleção, tem sido alvo de algumas críticas após falhas recentes com a camisa do país.

A última foi na vitória por 3 a 1 sobre a Itália, em amistoso disputado na última sexta, quando falhou no único gol do adversário, marcado por Bonucci. Mas o goleiro titular da seleção e do Tottenham ganhou apoio de seus companheiros, inclusive daqueles que sonham em ocupar sua vaga.

Copa do Mundo: Reserva do gol da França, Areola minimiza críticas a Lloris
Copa do Mundo: Reserva do gol da França, Areola minimiza críticas a Lloris
"É difícil para o Hugo. Ele é um goleiro de grande qualidade, que mostrou isso no passado e ainda está mostrando. Ele é o capitão do time, é muito importante para o grupo. Ele é um dos jogadores que vão nos salvar e vencer partidas", declarou Areola, terceiro goleiro da seleção francesa para a Copa.

Aos 25 anos, Areola vai para seu primeiro Mundial. A princípio não deverá atuar na Rússia, uma vez que é apenas a terceira opção para o gol francês, atrás de Lloris e Mandanda. Mas o próprio jogador negou qualquer incômodo mesmo se não entrar um minuto sequer em campo na Rússia.

"Eu não acho que isso seja frustrante. Eu vou viver uma competição internacional pela primeira vez na carreira, é simplesmente excepcional. Vou dar o máximo para ficar à disposição do grupo e dos meus colegas, para que eles estejam bem preparados para as partidas", projetou.

A França segue sua preparação para o Mundial e realizará o último amistoso neste sábado, quando encara os Estados Unidos, em Lyon. A seleção está no Grupo C da Copa ao lado de Peru, Dinamarca e Austrália, adversária da estreia no dia 16 de junho, em Kazan.

 
 
  • A cobertura da Copa do Mundo é um oferecimento
" />