Zagueiro acredita que Grêmio Prudente poderia ter melhor sorte contra o Santos

Jogador colocou uma bola na trave aos 44 minutos do segundo tempo, quando o time perdia por 2 a 1

por Agência Futebol Interior

Presidente Prudente, SP, 02 (AFI) - No primeiro reencontro de Leonardo com o Santos – foi formado pelo Peixe, sendo campeão Brasileiro (2004) e Paulista (2007) –, o jogador deixou o campo com a sensação que poderia ter saído do Prudentão com a vitória com o Grêmio Prudente. O zagueiro colocou uma bola na trave aos 44 minutos do segundo tempo, quando o time perdia por 2 a 1, e ainda viu seu companheiro perder o segundo pênalti antes do apito final.

“Temos um elenco de qualidade, em que confiamos. Fizemos de tudo para reverter o placar, que estava 2 a 0 para o Santos. Diminuímos, tivemos um pênalti perdido e tentei uma cabeçada, que infelizmente parou na trave. Depois, mais uma chance com outro pênalti. Nunca havia passado por isso (ver sua equipe desperdiçar duas penalidades)”, afirmou Leonardo, ao completar.

“Isso é Campeonato Brasileiro. Acho que tínhamos tudo para somar os três pontos em casa. Jogamos bem e de igual para igual com eles. Foi um encontro emocionante e que poderia ter terminado ainda mais feliz. Agora é erguer a cabeça. Vamos trabalhar para nos recuperarmos fora de casa contra o Cruzeiro”, finalizou, referindo-se ao duelo do próximo domingo, em Minas.